Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“Jornalismo para o ego e premiação”

Marcellus Rocha,jornaliasta e atua com assessoria de imprensa. Foto: Redes sociais

Com ot ítulo “Jornalismo para o ego e premiação”, eis artigo de Marceullus Rocha, jornalista. Ele aborda a cobertura da tragédia das chuvas no Rio Grande do Sul.

Confira:

Há 24 anos atuo na área de comunicação no Ceará. Sou formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo há 17 anos. Já passei por rádio, TV, Revistas, Jornal Impresso, WebTV, Podcast e por Assessorias de Imprensa e Comunicação.

Nas minhas vidas acadêmica e profissional, sempre entendi que o Jornalismo é um meio de informar com fatos cotidianos a fim de mudar a vida das pessoas para melhor, a partir das interpretações delas do que é transmitido. Somos comunicadores sociais e devemos prestar serviço à população, sobretudo em momentos de extrema necessidade como este do desastre climático no Rio Grande do Sul.

Com o advento exponencial da Internet com suas redes sociais, o que vejo hoje é uma cobertura midiática para inglês ver. Tanto a imprensa nacional como os governantes demoraram a ter a noção clara da tragédia. E olha que tivemos inúmeros avisos de gaúchos pela Internet em meio ao aguaceiro. Preferiram encher os bolsos com o show da Madonna. Nada contra. Mas pouco tivemos de solidariedade no sábado à noite quando se iniciou a enchente.

E agora, tardiamente, querem ajudar e mandam até jornalistas de renome nacional para cobrir a tragédia. Com escassez de tudo, a presença desses renomados traz mais problemas do que soluções. Um apresentador famoso está apresentando o telejornal de lá, em meio ao sufoco dos profissionais da Engenharia da afiliada que seguem a vida trabalhando depois que perderam parentes na enchente.

Uma equipe de tv no caminho noticiou que agentes da ANTT estavam multando caminhões que levavam donativos. Fez jornalismo, porém a força da máquina pública, que deve ser questionada e não cortejada, condenou um fio de esperança de fazer jornalismo

Agora, o que vemos é o modelo jornalístico norte-americamo às avessas. Em vez de conversar com a população e saber o que necessitam, trazendo informações inéditas, alguns jornalistas e apresentadores líderes de audiência e premiados ficam massageando seus egos com um delay de três dias e fazendo uso da desgraça alheia para ganhar premiação, quem sabe, no Emmy Internacional com materias e documentários.

Depois que ganham os prêmios, fica a pergunta: voltam lá para ver a reconstrução completa após a tragédia? Repito: jornalismo é para prestar serviço à população, com informações corretas sem ruídos políticos e econômicos. Jornalismo não corre atrás de faturar ou de likes da internet. Isso é publicidade e entretenimento baratos que só visam o futuramento em meio ao assistencialismo populista.

Jornalismo é republicano, não deve satisfação aos donos do poder político e, muito menos, a quem detém poder econômico. Deve ser independente e defender os interesses da população e dos cidadãos.

Quem não faz isso, tem interesse no lucro e na autopromocão.

Fiquemos de olhos!

*Marcellus Rocha,

Jornalista,

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Empregado mantido em ociosidade forçada tem de ser indenizado, decide TST

Empregado mantido em ociosidade forçada tem de ser indenizado, decide TST

Por entender que a empresa atentou contra a integridade psíquica do trabalhador, a 3ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou uma indústria de automóveis de São Bernardo do Campo

“Transporte público gratuito: para além de uma intenção, um compromisso com o caucaiense”

“Transporte público gratuito: para além de uma intenção, um compromisso com o caucaiense”

"O acesso de graça ao transporte público está na minha pauta prioritária", aponta o empresário e pré-candidato a prefeito de Caucaia, Naumi Amorim. Confira: Desde que me propus a tornar

Biografia de Chico Buarque será lançada no Cantinho do Frango

Biografia de Chico Buarque será lançada no Cantinho do Frango

Na próxima terça-feira, o Cantinho do Frango celebrará o aniversário de Chico Buarque com lançamento de livro e show. Às 19 horas, o jornalista, crítico musical e escritor carioca Tom

NE fecha primeiro trimestre em 1º do País no índice atividade econômica

NE fecha primeiro trimestre em 1º do País no índice atividade econômica

A economia nordestina, medida pelo índice de atividade IBCR-NE do Banco Central do Brasil (Bacen), avançou 3,2% no 1º trimestre de 2024, em comparação com o mesmo período do ano

Cagece suspende abastecimento de água em Fortaleza e Caucaia na quinta-feira

Cagece suspende abastecimento de água em Fortaleza e Caucaia na quinta-feira

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) vai suspender, nesta quinta-feira (13), a partir das 6 horas, o abastecimetno de água em Fortaleza e Caucaia (RMF). Isso, porque

Enchentes afetam saúde mental de moradores da capital gaúcha

Enchentes afetam saúde mental de moradores da capital gaúcha

A população de Porto Alegre com renda familiar inferior a R$ 1,5 mil sofre mais com ansiedade, depressão e síndrome de burnout do que as pessoas com renda familiar maior