Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“A imagem marca nas eleições de Fortaleza”

Cleyton Monte é pesquisador e também diretor do Instituto Centec. Foto; Arquivo Pessoal

Com o título “A imagem marca nas eleições de Fortaleza”, eis artigo de Cleyton Monte, cientista político, professor universitário, pesquisador e diretor do Instituto Centec.

Confira:

As eleições municipais se desdobram em uma disputa, nem sempre cordial e transparente, entre grupos, interesses e, claro, visões de mundo. Diante do ilustre eleitor desfilam uma profusão de discursos, projetos e trajetórias. Todos sedentos pela atenção e interação com o público. Para o pleito majoritário, o cidadão é estimulado a escolher a candidatura que se aproxime do que deseja para o município. A ponte que liga políticos e eleitores não é construída com facilidade. A história nos ensina que a vitória está com quem consegue captar as ondas do momento, traduzir as correntes de opinião e produzir uma imagem marca eficiente.

Estabelecer uma marca é vital para os que me almejam alguma competitividade, principalmente, em metrópoles do porte de Fortaleza – com um mar de problemas e particularidades. Foi assim com todos os gestores que obtiveram sucesso nas urnas. Juraci Magalhães conseguiu imprimir a imagem do administrador que toca obras – aquele que faz. Luizianne Lins articulou muito bem a estética da prefeita da periferia – com ações sociais voltadas para o público socialmente vulnerável. Roberto Cláudio, por sua vez, associou com êxito seu nome à mobilidade urbana. São simplificações produzidas por equipes de comunicações e marketing. Podem ser criticadas em várias frentes, mas funcionaram na arena eleitoral.

Talvez essa seja a grande dificuldade enfrentada pelo prefeito Sarto. Com os dois anos iniciais sem ações de impacto, o atual gestor sofre para encontrar e comunicar uma imagem marca própria da sua administração. Algo que não seja apenas a continuidade dos antecessores. Apesar da ampliação dos investimentos, o índice de desaprovação continua elevado. A batalha não está perdida e Sarto é uma peça muito competitiva nesse xadrez. A máquina pública ainda faz diferença nesse jogo.

O entrave não é vivenciado apenas por Sarto. Até agora, apesar do forte movimento nas redes sociais e eventos constantes com lideranças de bairro e vereadores, nenhum dos pré-candidatos conseguiu desenhar ao menos um esboço de imagem marca junto ao eleitorado. Para concretizar essa estratégia, será preciso compreender as mais diferentes dores cotidianas da capital, buscar ir além do apoio dos padrinhos e formulações de agências de publicidade. Não deixa de ser uma luta contra o tempo.

*Cleyton Monte

Cientista político, professor universitário, pesquisador e diretor do Instituto Centec.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Loterias pagam R$ 358 milhões em sorteios neste sábado

Loterias pagam R$ 358 milhões em sorteios neste sábado

As loterias da Caixa Econômica Federal trazem prêmios, em sorteios na noite deste sábado (20), que totalizam R$ 358 milhões em suas principais loterias. As apostas podem ser feitas até

Pane cibernética revela risco de acesso remoto de dados, diz professor

Pane cibernética revela risco de acesso remoto de dados, diz professor

O apagão cibernético global que impactou sistemas operacionais de empresas e serviços de diversos países, incluindo companhias aéreas, bancos, hospitais e canais de mídia, revela os riscos do acesso a

“Bette Davis Eyes” – Kim Carnes

“Bette Davis Eyes” – Kim Carnes

https://www.youtube.com/watch?v=O0WdIOwRgaw Homenagem do Blogdoeliomar à cantora e compositora norte-americana Kim Carnes, que nesta sábado completa 79 anos.

Vozão vence na Ressacada e volta à primeira parte da tabela de classificação da Série B

Vozão vence na Ressacada e volta à primeira parte da tabela de classificação da Série B

Com um gol de cabeça de David Ricardo, aos 24 minutos do segundo tempo, o Ceará derrotou o Avaí, na noite desta sexta-feira (19), no estádio da Ressacada, em Florianópolis,

Após apagão, Pacheco defende regulação da Inteligência Artificial

Após apagão, Pacheco defende regulação da Inteligência Artificial

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), comentou nesta sexta-feira (19) o apagão cibernético global que impactou sistemas operacionais de empresas e serviços de diversos países, incluindo companhias aéreas, bancos,