Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Brasil precisa do Rio Grande do Sul recuperado, diz Lula

Lula é presidente do Brasil. Foto - Arquivo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (7) que não faltarão recursos federais para atender às necessidades do Rio Grande do Sul, estado fortemente atingido por temporais e enchentes desde o fim de abril. “O Brasil deve muito ao Rio Grande do Sul. É um estado muito importante do ponto de vista artístico, cultural, do trabalho, da nossa cultura. O que vamos fazer é devolver ao Rio Grande do Sul o que ele merece que seja devolvido para poder tocar a vida”, afirmou.

Em entrevista a emissoras de rádio durante o programa Bom Dia, Presidente, produzido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Lula destacou que a meta do governo federal é não permitir que a burocracia crie entraves para a liberação de recursos ao estado. “A dificuldade inicial é que nenhum prefeito, o governador disse isso com todas as letras no último domingo, tem noção do estrago que foi feito. Por enquanto, as pessoas imaginam, pensam. Mas a gente só vai ter o estado real quando a água baixar e a gente ver o que aconteceu de fato no Rio Grande do Sul.”

Sobre o projeto de decreto legislativo, enviado pelo governo federal, que reconhece o estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul e já aprovado pela Câmara dos Depurados, Lula avaliou que a proposta é iniciar a liberação de recursos por meio dos ministérios. “O Ministério da Saúde pode liberar recurso, o Ministério da Integração Nacional, o Ministério da Educação. Vai liberando recurso de acordo com as necessidades fundamentais que são colocar a criança na escola, colocar as pessoas no hospital, a compra de remédio, de combustível, de água, de comida. Esse dinheiro vai saindo normalmente pelo ministério, sem muita burocracia.”

“O que eu posso garantir é que há 100% de vontade da Câmara, do Senado, do Tribunal de Contas e do Poder Judiciário para que a gente facilite o máximo possível os recursos”, disse. “Os ministérios têm estrutura nos estados, mas queremos trabalhar junto com as secretarias do estado”, completou, ao citar a recuperação de estradas federais e mesmo estaduais.

“O emergencial vai ser liberado a partir de hoje. Vários ministérios já têm autorização para começar a liberar os recursos iniciais para os primeiros socorros. Depois, a gente vai trabalhar junto com o governador um projeto”, concluiu.

(Agência Brasil)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Lula anuncia R$ 778 milhões em investimentos em instituições federais do Ceará

Lula anuncia R$ 778 milhões em investimentos em instituições federais do Ceará

O presidente Lula anunciou nesta quinta-feira (20), em visita ao Ceará, o investimento de R$ 778 milhões para expansão e consolidação de instituições federais de ensino e da saúde no

“Brasil: uma sociedade autoritária”

“Brasil: uma sociedade autoritária”

"O ódio é a característica central na sociedade brasileira contemporânea", aponta o ex-presidente do Brasil, Fernando Collor. Confira: Cabe uma paráfrase sociológica à pergunta feita por Nietzsche em Ecce Hommo,

País tinha 9,4 milhões de empresas em 2022, aponta pesquisa do IBGE

País tinha 9,4 milhões de empresas em 2022, aponta pesquisa do IBGE

O país tinha 9,4 milhões de empresas e outras organizações formais ativas em 2022, as quais ocuparam, em 31 de dezembro, 63 milhões de pessoas, sendo 50,2 milhões (80,0%) como

Programa oferece mais de 2,4mil vagas para jovens em cursos de Tecnologia

Programa oferece mais de 2,4mil vagas para jovens em cursos de Tecnologia

Estão abertas até o próximo dia 26 as inscrições para os cursos gratuitos Infraestrutura de Redes 5G, Programação iOS e Computação em Nuvem, ofertados pelo programa “Residência em TIC 20/Capacita

“Democracia, Direito, Liberdade e Justiça”

“Democracia, Direito, Liberdade e Justiça”

"O Estado não deve assumir a curadoria dos cidadãos, interditando progressivamente a capacidade civil e política", aponta o sociólogo e historiador Rui Martinho Rodrigues. Confira: Não há bônus sem ônus.

OAB-CE lança livro sobre Direito Tributário

OAB-CE lança livro sobre Direito Tributário

A Comissão de Direito Tributário da OAB-CE e a Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESA-CE), lançam, na próxima segunda-feira, às 18h30, no auditório da Ordem, o livro "Direito Tributário