Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Cagece é destaque em campanha de arrecadação de lacres recicláveis

Cagece ficou em segundo na campanha "Eu ajudo na lata". Foto; Divulgação

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e outros parceiros se mobilizam para comprar equipamentos de acessibilidade e doá-los para instituições que atendem pessoas com mobilidade reduzida no Ceará. A ação acontece a partir da arrecadação de lacres metálicos de latinhas que são vendidos para a reciclagem e o valor é revertido na compra dos instrumentos de locomoção para aqueles que mais precisam. Tudo isso foi possível por meio da campanha “Eu ajudo na lta”, puxada pelo Instituto Unimed Fortaleza.

Em 2023, a Cagece foi a segunda empresa que mais contribuiu com a doação de lacres metálicos para a 11ª edição da campanha “Eu ajudo na Lata”, ficando atrás apenas da Assembleia Legislativa, que garantiu o destaque em primeiro lugar no ranking. No total, mais de 500 quilos de lacres foram doados e vendidos para a reciclagem, com a cooperação de parceiros internos e externos da Unimed Fortaleza.

De acordo com o presidente da Unimed Fortaleza e do Instituto Unimed Fortaleza, Marcos Aragão, a campanha “Eu ajudo na lata” trata-se de uma estratégia ESG liderada pela Unimed Brasil, que ocorre em todo o país, e tem como foco reduzir impactos ambientais, beneficiar pessoas carentes e ampliar boas práticas administrativas nas empresas parceiras. “A Unimed vive atualmente muito essa vibe de se juntar as grandes empresas para dar o retorno que a sociedade merece. Somos uma cooperativa e quando realizamos projetos sociais por meio de parcerias como essa, temos certeza que estamos cumprindo os nossos princípios do cooperativismo. Quero agradecer demais as nossas parcerias e estamos muito honrados com a proposta e os resultados”, afirmou.

Na Cagece, a campanha conta com a sensibilização e a criatividade da Gerência de Meio Ambiente (Gemam) e da Gerência de Responsabilidade e Interação Social (Geris) para incentivar a participação dos colaboradores na ação interna da companhia chamada “Lacre Solidário”. Por meio de uma gamificação e a oferta de brindes, o trabalho deverá se intensificar neste ano em todas as unidades de negócio da companhia.

“Neste ano pretendemos dar uma nova roupagem e atualizar as regras, assim como os brindes produzidos pelo programa Reciclocidades, como forma de incentivar ainda mais os colaboradores a participarem dessa corrente do bem, que além de ajudar o meio ambiente dando uma destinação segura aos resíduos, ajuda a pessoas com dificuldade de locomoção”, afirma Mônica Teles, engenheira ambiental da Cagece.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Detran/CE fica sem atendimento na segunda-feira pela manhã, diz Sindetran

Detran/CE fica sem atendimento na segunda-feira pela manhã, diz Sindetran

O Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Estado do Ceará (Sindetran-CE) realiza na segunda-feira (4), a partir das 8 horas, na unidade do Detran/CE da Maraponga, uma manifestação

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação

A decisão do presidente argentino Javier Milei de encerrar as atividades da Agência de Notícias pública Télam, que foi fundada em 1945, deve gerar impactos ao direito à informação por

Pedetistas voltam a se enfrentar, dessa vez por liderança na Alece

Pedetistas voltam a se enfrentar, dessa vez por liderança na Alece

Quase dois anos do racha entre pedetistas no Ceará, uma nova disputa interna teve início nesta semana, após o ex-pedetista Evandro Leitão (PT), presidente da Assembleia Legislativa (Alece), confirmar a

Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito

Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito

O Ministério da Saúde realiza neste sábado (2), em todo o país, o Dia D de Mobilização contra a Dengue. O objetivo do evento, denominado Brasil unido contra a dengue,

“Como manter o otimismo entre tantos otimistas praticantes”

“Como manter o otimismo entre tantos otimistas praticantes”

"A cultura brasileira no que ela tem de mais mesquinho e discriminatório impõe e designa o papel dos velhos na sociedade", aponta o cientista político Paulo Elpídio de Menezes Neto.

Com vantagem do empate, Ferrão tem 81% de chances de classificação

Com vantagem do empate, Ferrão tem 81% de chances de classificação

Ferroviário e Iguatu decidem na tarde deste sábado (2), no estádio Morenão, na Região Centro-Sul do Ceará, uma vaga às semifinais do Estadual, quando o classificado enfrentará o Vozão. Vencedor