Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Casa Amarela é sede da XIII Mostra Cinema e Direitos Humanos

Fachada da Casa Amarela Eusélio Oliveira, na Avenida da Universidade, Benfica. Foto: Arquivo

A Casa Amarela Eusélio Oliveira (CAEO), equipamento cultural vinculado à Pró-Reitoria de Cultura (PROCULT) da Universidade Federal do Ceará (UFC), recebe a XIII Mostra Cinema e Direitos Humanos (https://mostracinemaedireitoshumanos.mdh.gov.br/cidades/), com exibição de filmes e realização de debates e oficinas. A abertura oficial da mostra ocorre na próxima terça-feira (12), às 18h30, quando será exibido o longa-metragem Nas asas da Pan Am, de Silvio Tendler. A programação, inteiramente gratuita, segue até o próximo dia 15.

A 13ª edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos oferece ao público 18 filmes realizados por profissionais representantes de todas as regiões do país. As produções foram selecionadas por terem relação direta com temas como racismo e direitos das mulheres, de pessoas com deficiência, de povos indígenas e de comunidade LGBTQIAPN+. O roteiro do evento foi organizado em programas divididos com os títulos “Homenagem”, “Raízes”, “Sementes” e “Frutos”.

Além dos filmes e debates, a mostra engloba oficinas gratuitas para educadores sobre o tema “Vencer o ódio, semear horizontes”. O objetivo é a formação de multiplicadores, alcançando mais de 700 educadores no país, para que a arte e os direitos humanos apoiem o ensino. Em Fortaleza, as oficinas acontecem também na Casa Amarela Eusélio Oliveira, começando no dia 11 (um dia antes da abertura de exibição dos filmes) e prosseguindo até 14 de março, das 14 às 17 horas.

Programação de filmes e debates

Dia 12/3
18h30 – Abertura com exibição do filme Nas asas da Pan Am (2020, 115 min, livre). O longa é uma autobiografia do diretor Silvio Tendler, que completou 70 anos, e uma análise dos avanços e retrocessos do mundo que cerca o artista. O documentário retrata o jovem que viveu em autoexílio no Chile nos anos 1970, estudou cinema em Paris, esteve em Portugal na Revolução dos Cravos e voltou ao Brasil na época em que o país começava o processo de redemocratização.

Dia 13/3
9h – O programa “Frutos” exibe Tesouro quilombola (2021, 23 min, livre), Mutirão, o filme (2022, 10 min, livre), Cósmica (2022, 7 min, livre) e O pato (2022, 11 min, 14 anos).
19h – O programa “Raízes” traz Travessia (2017, 5 min, livre), Filha natural (2018-19, 16 min, livre), Nossa mãe era atriz (2022, 26 min, 12 anos), Mãri Hi – a árvore do sonho (2023, 18 min, livre), O que pode um corpo? (2020, 14 min, livre) e A poeira dos pequenos segredos (2012, 20 min, 14 anos), com debate ao final, às 20h40.

Dia 14/3
14h30 – O programa “Frutos” da mostra exibe Um filme de verão (2019, 95 min, 14 anos).
19h – O programa “Sementes” apresenta Ribeirinhos do asfalto (2011, 26 min, livre), Adão, Eva e o fruto proibido (2021, 20 min, 14 anos), Nossos espíritos seguem chegando (2021, 15 min, livre), Me farei ouvir (2022, 30 min, 10 anos), Escrevivência e resistência: Maria Firmina dos Reis e Conceição Evaristo (2021, 26 min, livre), seguidos de debate.

Dia 15/3
19h – Sessão “Homenagem” com outro filme de Silvio Tendler, A bolsa ou a vida (2021, 102 min, 10 anos), com debate às 20h45. O filme aborda o desmonte do conceito de bem-estar social e reflete sobre a incompatibilidade do neoliberalismo com um projeto humanista de sociedade após a pandemia do coronavírus.

A Mostra Cinema e Direitos Humanos é uma realização do Ministério da Cultura e do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania e ocorre nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal de modo presencial desde dezembro de 2023 até março de 2024. Depois, seguirá disponível on-line em uma plataforma de streaming em sua ação de difusão. Após as exibições nas capitais, a mostra ainda acontecerá em diversos outros pontos de exibição pelo interior dos estados, sempre de modo gratuito.

SERVIÇO

*Mais informações podem ser acompanhadas pelo site do evento (https://mostracinemaedireitoshumanos.mdh.gov.br/cidades/) e pelas redes sociais da mostra:
Facebook (https://www.facebook.com/mostracinemadireitoshumanos.oficial); Instagram (https://www.instagram.com/mcdh.oficial/);
TikTok (https://www.tiktok.com/@mcdhoficial).

*Casa Amarela Eusélio Oliveira – Avenida da Universidade, 2591, no Benfica

*Mais informações – (85) 3366 7772.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Abin Paralela: Moraes retira sigilo de áudio de conversa de Bolsonaro

Abin Paralela: Moraes retira sigilo de áudio de conversa de Bolsonaro

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirou há pouco o sigilo do áudio no qual o ex-presidente Jair Bolsonaro, o ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional

Zagueiro do Itarema erra duas vezes seguidas e vídeo viraliza como resultado manipulado na Série C do Campeonato Cearense; Atleta é desligado do clube

Zagueiro do Itarema erra duas vezes seguidas e vídeo viraliza como resultado manipulado na Série C do Campeonato Cearense; Atleta é desligado do clube

O volante Ewerton teve o contrato anulado pela Itarema, equipe da terceira divisão do futebol cearense, no início da noite desta segunda-feira (15), após um vídeo viralizar nas redes sociais

Podemos realiza a 14ª Oficina da Vitória das Cidades

Podemos realiza a 14ª Oficina da Vitória das Cidades

Promovida pela Fundação Podemos, a 14ª Oficina da Vitória das Cidades reuniu, nesse fim de semana,, no Hotel Gran Mareiro, na Praia do Futuro, pré-candidatos ao próximo pleito. Renata Abreu,

Lula diz que atentado a Trump “empobrece a democracia”

Lula diz que atentado a Trump “empobrece a democracia”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta segunda-feira (15), que o atentado contra o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, “empobrece a democracia”. Ao chegar para agenda de

“Risco de Bolsonaro II”

“Risco de Bolsonaro II”

"Bolsonaro deve imediatamente perder o 'réu primário' e tornar-se 'ficha suja'. Basta de leguleio e logorreia jurídica. Bolsonaro na cadeia já!", aponta o historiador Chico Teixeira. Confira: A situação mundial

PMB volta para a base de apoio do prefeito Sarto

PMB volta para a base de apoio do prefeito Sarto

Três meses após deixar a base de apoio do governo Sarto, o Partido da Mulher Brasileira (PMB) está de volta ao arco de aliança que apoia o projeto da reeleição