Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

CGU anula demissão de professora trans de instituto federal no Ceará

Manifestação no IFCE de Tianguá

A Controladoria-Geral da União (CGU) decidiu reverter a demissão de Êmy Virgínia Oliveira da Costa, professora do Instituto Federal do Ceará (IFCE). A docente, primeira transexual a ensinar na instituição, havia sido demitida após um processo administrativo concluir que ela faltou de forma injustificada por mais de 60 dias no ano de 2019.

Assinada pelo ministro-chefe da CGU, Vinicius Marques de Carvalho, a reversão da demissão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de sexta-feira (15). Ele declarou a nulidade parcial do processo administrativo disciplinar que havia resultado na dispensa, atestando que a professora teve 48 dias de ausências intercaladas no ano de 2019, o que não é suficiente para configurar o crime de inassiduidade habitual.

A CGU determinou o arquivamento do processo “em razão da prescrição da pretensão punitiva das penalidades aplicáveis, nos termos do art. 129 c/c 130, ambos da Lei nº. 8.112/90”.

Êmy Virgínia deve ser agora reintegrada aos quadros do IFCE.

Entenda o caso
A professora havia sido demitida após ter se ausentado três vezes em 2019 para assistir a seminários de um doutorado no Uruguai. No processo, o IFCE concluiu pela medida depois de não considerar válidas provas apresentadas por Êmy para justificar sua ausência, como abaixo-assinados de seus alunos informando que as aulas foram antecipadas e não houve prejuízo pedagógico.

Além das assinaturas dos alunos, Êmy alegou que ficou sem alternativas, pois não podia tirar licença para cursar o doutorado devido a um entrave burocrático, já que aguardava a efetivação de sua transferência para outro campus, que já havia sido autorizada meses antes. Segundo ela, a transferência só foi consumada em 2022, por decisão judicial.

Inconformada, Êmy iniciou uma campanha para ter sua demissão revertida. Ela expôs o episódio com sendo um caso de transfobia. “Meu coração está transbordando de gratidão”, comemorou a professora em sua conta no Instagram, logo após a nova decisão da CGU.

(Agência Brasil)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
“Pretty woman” – Ray Orbinson

“Pretty woman” – Ray Orbinson

Homenagem do Blog ao cantor e compositor norte-americano Roy Orbison, que nesta terça-feira faria 88 anos.

STJ elege ministro Herman Benjamin para comandar o tribunal

STJ elege ministro Herman Benjamin para comandar o tribunal

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) elegeu nesta terça-feira (23) o ministro Herman Benjamin para o cargo de presidente do tribunal no biênio 2024-2026. O ministro Luís Felipe Salomão será

Cariri vai ganhar curso técnico em Sistemas de Energia Renovável

Cariri vai ganhar curso técnico em Sistemas de Energia Renovável

O Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) recebeu autorização do Conselho Estadual de Educação (CEE) para dar início à primeira turma do novo curso técnico em Sistemas de Energia Renovável

Elmano envia mensagem para ampliação de benefícios no magistério

Elmano envia mensagem para ampliação de benefícios no magistério

O governador Elmano enviou nesta terça-feira (23), para a Assembleia Legislativa, o projeto de lei que cria e aumenta benefícios para os profissionais do magistério. A matéria cria para os professores,

PF tem aval para aprofundar investigação sobre vacina de Bolsonaro

PF tem aval para aprofundar investigação sobre vacina de Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes autorizou nesta terça-feira (23) o aprofundamento das investigações envolvendo o ex-presidente Jair Bolsonaro no caso da fraude em certificados de

Documentário “Amilton Melo – ídolo de todos” está na Mostra Competitiva Internacional do Cinefoot 2024

Documentário “Amilton Melo – ídolo de todos” está na Mostra Competitiva Internacional do Cinefoot 2024

O documentário “Amilton Melo - ídolo de todos” foi selecionado para a Mostra Competitiva Internacional do Cinefoot 2024. O festival ocorrerá de quinta até 30 de abril, no Rio de