Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“Eleição em Caucaia virou feira livre?”

Nicolau Araújo é jornalista

Em artigo sobre as eleições em Caucaia, o jornalista Nicolau Araújo montou uma feira. Confira:

Tivesse o prefeito Vitor Valim adivinhado a “feira livre” que se transformou a sucessão à Prefeitura de Caucaia, após o seu anúncio de não concorrer à reeleição, teria ele aguardado uma melhor safra para apresentar um bom produto nas várias banquinhas que se formaram. Valim teria tempo de adubar e até irrigar o seu produto. Não mais conta com o tempo de plantar, pois a proximidade do período eleitoral já não se mostra aliada.

Na feira, o eleitorado já contava com as ofertas de Chuchu, Tamarindo e Seriguela.

O primeiro está sempre lá, chegando até a vice-prefeitura. Mas não possui sabor, tampouco tempera qualquer bom prato. Agora Deuzinho reclama do corte de boa parte de sua verba, quando nunca apresentou um único projeto para a gestão a qual ele assegura ter sido o responsável pela vitória da eleição do atual prefeito. De modo inconsequente, aponta ter organizado um movimento EduCaucaia, sem a participação de gestores locais e com o falso anúncio de apoio da Secretaria de Educação de Sobral, a melhor pasta avaliada na área no Ceará. Coube a própria Prefeitura de Sobral desmentir Deuzinho, por meio de nota à imprensa.

Também sempre houve a oferta da Tamarindo, quando o azedume só é percebido, quando se consome. A deputada estadual Emília Pessoa acredita se valer de um mandato parlamentar para denunciar empréstimos que nunca foram sinalizados, além de tentar barrar a venda de 20% dos terrenos da prefeitura, sem apontar nenhum mérito ou embasamento jurídico. O dinheiro a ser arrecadado cobrirá parte do rombo de décadas da Previdência Municipal, da compra do tradicional colégio Luzardo Viana e pavimentação de ruas. Ao serem adquiridos pela iniciativa privada, os terrenos proporcionarão desenvolvimento nos entornos. Emília agora passou a resolver problemas na educação, saúde e infraestrutura, quando propaga ter destinado emendas a essas áreas. Sequer com um real já liberado. Qualquer ação nessas áreas, por parte da prefeitura, a deputada irá requerer a autoria. É o azedume da tamarindo…

Já a Seriguela é uma fruta de época. Na feira, somente encontrada nesse período. E quando não chove… É o que avalia Naumi Amorim, se o tempo ajudar…

Caucaia está tendo a oportunidade agora de contar com novas ofertas de frutas. Há alguns dias, houve quem anunciasse Luizianne Lins. Para quem acreditava que não existia Morango do Nordeste, já pode preparar uma boa receita…

Em seguida, surgiu o Abacaxi. O parlamentar que por muito pouco não quebrou Caucaia, com um projeto eleitoreiro de redução da alíquota do ICMS, agora quer administrar o que foi possível fazer. E muito se fez, por meio de cortes de recursos da comunicação e enxugamento da folha. Danilo Forte quer fazer a população acreditar que o seu projeto beneficiou a classe menos favorecida. Numa lógica simplória, a redução na arrecadação de impostos de combustíveis e energia elétrica beneficiaria a população mais pobre em um “efeito dominó”. O tempo mostrou o equívoco e agora o governo Lula corre para reparar o erro.

E em feira que se preza não poderia faltar a laranja. Melhor, o Laranja. Sem nunca ter trabalhado o desgaste de uma condenação por corrupção, a primeira imposta a um político, desde a Constituição de 1988, Zé Gerardo chega a Caucaia amparado pelo revanchismo do PDT. Não precisa ser nenhum cientista político para se perceber que a pré-candidatura de Zé Gerardo tem como único propósito o de barrar as pré-candidaturas de Lia Gomes ou de Salmito, ambos filiados ao PDT. Para o partido, Lia ou Salmito deixaria o PDT, assim que chegasse à Prefeitura.

Acredito que a feira esteja com todos os seus produtos para o processo eleitoral. Mas ainda há o Caju, quando o Coronel Aginaldo quer entrar no jogo sem seguir as normas da Educação, da Saúde, do Transporte Público, da Geração de Emprego e Renda, da Infraestrutura, da Cultura, da Juventude. Aginaldo se anuncia como redentor da Segurança Pública, quando o tema é refém das instancias superiores: Estado e União. Ambas sem proximidade com o Coronel. Aliás, a Segurança Pública não é tratada na lei como responsabilidade do município. Assim como Caju não é fruta…

Nicolau Araújo é formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará, especialista em Marketing Político e com passagens pelo O POVO, DN e O Globo, além de assessorias no Senado, Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza, coordenador na Prefeitura de Maracanaú, coordenador na Câmara Municipal de Fortaleza e consultorias parlamentares. Também acumula títulos no xadrez estudantil, universitário e estadual de Rápido

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Relatório mostra desigualdades regionais no acesso a saneamento

Relatório mostra desigualdades regionais no acesso a saneamento

O relatório elaborado pela Comissão de Meio Ambiente do Senado para avaliar a Política Nacional de Saneamento Básico (Lei 11.445, de 2007) constata que o Brasil ainda registra grandes desigualdades

Ataque ao ônibus do Fortaleza é definido pela FCF como “tentativa de assassinato”

Ataque ao ônibus do Fortaleza é definido pela FCF como “tentativa de assassinato”

A Federação Cearense de Futebol (FCF) divulgou nota, nesta quinta-feira, acerca do atentado sofrido pelo time do Fortaleza nessa noite de quarta-feira, no Recife. Isso, quando a equipe teve o

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

A Receita Federal abriu, nesta quinta-feira (22), a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de fevereiro de 2024. O pagamento será feito no

Movimento Conservadores Cristãos de Fortaleza repudia fala de Lula contra Israel

Movimento Conservadores Cristãos de Fortaleza repudia fala de Lula contra Israel

O Movimento Conservadores Cristãos de Fortaleza divulgou nota de repúdio contra o presidente Lula e sua comparação dos ataques de Israel em Gaza com o holocausto. Considera "grotesca" a comparação

Choveu em mais de 100 cidades cearenses nas últimas horas

Choveu em mais de 100 cidades cearenses nas últimas horas

Choveu em 102 municípios cearenses, nas últimas 24 horas, segundo a Funceme. Confira o boletim das chuvas registradas: 1 - Novo Oriente (NOVO ORIENTE): 80.0 2 - Ibiapina (IBIAPINA): 79.5