Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Embaixatriz do Gabão fala em filho traumatizado por abordagem da PM

Câmaras registram a abordagem a três adolescentes negros, filhos de embaixadores. Embaixatriz Julie-Pascale Moudouté, do Gabão, aponta excessos por parte dos policiais do Rio

Julie-Pascale Moudouté, embaixatriz do Gabão no Brasil, falou que o filho de 13 anos está traumatizado depois que ele e mais dois amigos, todos negros, foram abordados de forma violenta por policiais militares no Rio de Janeiro, na terça-feira (3). Os outros dois meninos também são filhos de diplomatas, um do Canadá e o outro de Burkina Faso.Blog do EliomarBlog do Eliomar

Moudouté vê claros sinais de racismo no comportamento dos policiais. Outros dois amigos brancos que estavam com eles no momento da abordagem não teriam sofrido as mesmas agressões.

“O que a gente acha estranho é que só os três foram contra a parede. Que são de nacionalidades diferentes e de cor preta. A gente precisa de uma explicação também para isso. A gente acredita na Justiça brasileira. O trauma dos meninos não é só de um dia. Vai permanecer e a gente vai ter que cuidar disso”, disse a embaixatriz, em entrevista à TV Brasil.

Um vídeo mostra os policiais chegando com armas em punho e colocando os adolescentes contra a parede. Julie-Pascale Moudouté disse que, a princípio, o filho não falou muito sobre o episódio. Só depois de terem acesso às conversas que ele trocou com o irmão mais velho tiveram a dimensão real das agressões e ficaram em choque.

“Eles têm só 13 anos. Colocar uma arma na cabeça de um menino, imagina como isso repercute para ele? Ele nunca viu uma arma, nem de brinquedo. Porque na nossa casa, não oferecemos esse tipo de brinquedo. Uma criança de 13 anos ser abordada dessa forma tão violenta, contra uma parede? Ter que mostrar as partes genitais? Primeiramente, a abordagem tem que ser de uma forma respeitosa. Perguntar pelos pais, porque eles são menores de idade. E não sair da viatura já com arma”, diz a embaixatriz.

Investigações

A assessoria de imprensa da Polícia Militar afirmou que os policiais envolvidos na ação portavam câmeras corporais e que as imagens serão analisadas para constatar se houve algum excesso por parte dos agentes.

“Em todos os cursos de formação, a Secretaria de Estado de Polícia Militar insere nas grades curriculares como prioridade absoluta disciplinas como Direitos Humanos, Ética, Direito Constitucional e Leis Especiais para as praças e oficiais que integram o efetivo da Corporação”, diz nota divulgada pela PM.

A Polícia Civil informou que depois da veiculação de notícias sobre o ocorrido, a Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat) iniciou uma investigação. Agentes buscarão ouvir os adolescentes abordados.

(Agência Brasil)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
CNJ afasta desembargador que falou em mulheres loucas atrás de homens

CNJ afasta desembargador que falou em mulheres loucas atrás de homens

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou nesta quarta-feira (17) o afastamento do desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) Luís Cesar de Paula Espíndola. A medida foi tomada

Servidores do INSS em greve no Ceará pedem apoio à população

Servidores do INSS em greve no Ceará pedem apoio à população

Servidores do INSS que entraram em greve no Ceará, nesta terça-feira (16), pedem apoio à sociedade, especialmente às pessoas que buscam algum serviço e conhecem as dificuldades para a liberação

Governo estende prazo para adaptação a regras do teletrabalho

Governo estende prazo para adaptação a regras do teletrabalho

Órgãos e entidades da Administração Pública Federal terão mais 90 dias para se adequar às novas regras do Programa de Gestão e Desempenho (PGD). Instrução Normativa publicada nesta quarta-feira (17)

Fortaleza x Vitória – É matar ou morrer para as duas equipes, mas com interesses diferentes

Fortaleza x Vitória – É matar ou morrer para as duas equipes, mas com interesses diferentes

Para o Fortaleza, somente a vitória interessa para, enfim, ingressar no grupo da Libertadores. Para o Vitória da Bahia, somente os três pontos interessam para sair da porta da zona

Anvisa aprova projeto de implementação de bula digital para medicamentos

Anvisa aprova projeto de implementação de bula digital para medicamentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um projeto-piloto que garante a implantação de bula digital nos medicamentos e que poderá ser acessada pela leitura, nas embalagens, de um

E o motorista, quem responde pela vida do trabalhador?

E o motorista, quem responde pela vida do trabalhador?

"Professora relata sequestro em veículo de aplicativo no Rio de Janeiro", aponta a jornalista e professora Sara York. Confira: A professora Ana Cláudia de Souza, da Universidade Federal de Santa