Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“Flávio Dino na Suprema Corte”

Edson Guimarães é especialista em Direito Eleitoral. Foto: Reprodução

Com o título “Flávio Dino na Suprema Corte”, eis artigo de Edson Guimarães, advogado e especialista em Direito Eleitoral. Ele elogia a escolha feita pelo presidente Lula. 

Confira:

O maranhense Flávio Dino teve sua indicação aprovada pelo Senado Federal para integrar o Supremo Tribunal Federal, numa maioria que bem demonstra a confiança que a nomeação do presidente Lula inspira.

Bacharel em Direito, com mestrado em Direito Constitucional, professor da UFMa, foi juiz federal, tendo obtido o primeiro lugar no difícil concurso para magistratura federal, por seus méritos. Foi também presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil e integrou o Conselho Nacional da Justiça, tendo ainda sido convocado a integrar temporariamente o STJ. Méritos não lhe faltam para ser reconhecido como portador de notável saber jurídico, requisito essencial para integrar aquele sodalício.

No entanto, senadores de oposição, em sua esmagadora maioria de direita, mesmo reconhecendo as qualidades do indicado, sob alegações pífias, declararam, durante a sabatina na CCJ , que votariam contra, sem conseguir fundamentar as razões da rejeição. O que é certo é que a desaprovação a Flavio Dino se deu, somente por razões ideológicas, diga-se de passagem, mesquinhas e quase ridículas.

Sua eficiente atuação à frente do Ministério da Justiça incomodou a tantos que lhe deram um “não” nas votações nas instâncias da Câmara Alta do parlamento. No entanto, não foram suficientes para reprovar a acertada escolha presidencial.

A participação de Flávio Dino no STF, sem nenhuma dúvida, levará conhecimento jurídico e equilíbrio aos acórdãos da sua lavra, enriquecendo a jurisprudência do tribunal. Investido na função, ele saberá, com certeza distinguir suas convicções ideológicas, impondo imparcialidade às decisões que lhe couberem.

*Edson Guimarães,

Advogado e especialista em Direito Eleitoral.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Atirador em comício de Trump teria sido morto, segundo Washington Post

Atirador em comício de Trump teria sido morto, segundo Washington Post

O suposto atirador no comício de Donald Trump, neste sábado (13), na Pensilvânia, teria sido morto por policiais norte-americanos, segundo o Washington Post. O jornal informou ainda que uma pessoa

Comício de Trump é interrompido por barulhos de tiros e candidato é retirado com manchas vermelhas no rosto

Comício de Trump é interrompido por barulhos de tiros e candidato é retirado com manchas vermelhas no rosto

Um comício de Donald Trump, na cidade de Butler, na Pensilvânia, neste sábado (13), foi interrompidos pelo barulho de tiros. O candidato foi cercado e protegido por seguranças e mostrou

Inscrição para concurso da Justiça Eleitoral termina na próxima quinta

Inscrição para concurso da Justiça Eleitoral termina na próxima quinta

As inscrições para o concurso unificado da Justiça Eleitoral terminam na próxima quinta-feira (18), às 18h, no horário oficial de Brasília. Ao todo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e 26

Atlético Cearense perde para América/RN em jogo de três pênaltis e deixa o G4 na Série D

Atlético Cearense perde para América/RN em jogo de três pênaltis e deixa o G4 na Série D

Em um jogo de três pênaltis, na tarde deste sábado (13), no estádio Domingão, o Atlético Cearense perdeu para o América/RN, por 2 a 1, o deixou o G4 do

Estudo revela que custos da eletricidade e do gás de cozinha comprometem segurança alimentar no País

Estudo revela que custos da eletricidade e do gás de cozinha comprometem segurança alimentar no País

Uma pesquisa encomendada pelo Instituto Pólis e apresentada na quinta-feira (11), em seminário da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados, revela que 36% das famílias brasileiras gastam mais

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

Criado para garantir direitos e a proteção de pessoas com menos de 18 anos, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 34 anos hoje (13). O marco legislativo,