Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Greve dos técnico-administrativos da UFC completa um mês nesta segunda-feira

Fachada da Reitoria da UFC. Foto: Arquivo

A greve dos servidores Técnico-Administrativos em Educação (TAE) da Universidade Federal do Ceará vai completar um mês nesta segunda-feira (15). Atualmente, 66 universidades federais e 460 campi de institutos federais estão com suas atividades paralisadas por TAEs.

A categoria reivindica prioritariamente a reestruturação da carreira junto com recomposição salarial, em negociação com o governo federal em mesa específica. Além disso, participa da mesa geral, juntamente com os demais servidores do executivo federal, que pleiteiam reajuste salarial e de auxílios para saúde e alimentação.

Prestes a completar 20 anos, o Plano de Cargos e Carreiras dos Técnicos Administrativos em Educação (PCCTAE) está defasado. Em todo esse tempo não houve nenhuma atualização, medida necessária para acompanhar a modernização dos processos de trabalho dentro das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) e a complexidade de novas demandas da sociedade.

O reajuste linear de 9% concedido no ano passado a todo o executivo federal, além de manter as disparidades entre as carreiras, não foi suficiente para compensar as perdas de quase 50% dos TAEs em relação à inflação (referentes ao período de 2016 a 2022, em que os salários ficaram “congelados”). Ou seja, os técnico-administrativos em educação continuam sendo a categoria com a pior remuneração do serviço público federal.

A greve foi o último recurso da categoria, que buscava diálogo com o governo federal desde setembro do ano passado, dois meses após a divulgação do resultado do Brasil Participativo. Nessa plataforma, criada pelo próprio governo federal, a população foi chamada a escolher cinco propostas, entre as já existentes no Plano Plurianual (PPA), para serem tratadas como prioritárias. Como resultado de uma bem sucedida campanha, a proposta de reestruturação do PCCTAE foi a terceira mais votada, sendo a primeira do eixo Educação.

No entanto, mesmo com uma proposta bem estruturada já dentro do PPA e escolhida como prioritária pela população, a reestruturação do PCCTAE foi preterida. Durante o período em que as negociações com o governo não foram sequer iniciadas, outras categorias com remunerações e condições melhores foram contempladas com reestruturação de carreira e/ou reajustes expressivos de até 60%.

Negociação

O governo federal agendou uma reunião a ser realizada no Ministério da Gestão e da Inovação (MGI) na proxima sexta-feira, às 10 horas. Hora de negociar as demandas exclusivas da categoria dos servidores técnico-administrativos em educação, como a reestruturação do PCCTAE e recomposição salarial.

Greve dos docentes

Nesta segunda-feira, começa a greve dos professores da UFC, UFCA e Uniab. A categoria também luta por reposição salarial.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
“Anavantú a cantores de fora e Anarriê para artistas locais no São João de Fortaleza”

“Anavantú a cantores de fora e Anarriê para artistas locais no São João de Fortaleza”

"Que a programação seja ampliada, com a inclusão de artistas que dedicam sua vida a essa temática", aponta o músico e sindicalista Amaudson Ximenes. Confira: A programação recentemente anunciada do

Vozão poderá sentir hoje o “gostinho” do G4, após 44 partidas pela Série B

Vozão poderá sentir hoje o “gostinho” do G4, após 44 partidas pela Série B

Desde a última temporada, além de cinco rodadas neste ano, que o Vozão ainda não conseguiu sentir o "gostinho" de entrar no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, quando

Cai helicóptero que transportava presidente do Irã

Cai helicóptero que transportava presidente do Irã

O helicóptero que transportava o presidente do Irã, Ebrahim Raisi, 63, e o ministro Hossein Amir-Abdollahian, das Relações Exteriores, caiu neste domingo (19), quando sobrevoava as montanhas do Azerbaidjão. Segundo

“Ninguém me ensinou sobre finais”

“Ninguém me ensinou sobre finais”

"Me tornei mãe, agora eu que recebo as cartinhas e músicas", aponta a pedagoga Cynthia Rabelo. Confira: Mês de maio sempre foi um mês que me deixava feliz. Seja por

Associações LGBT questionam no STF leis que proíbem uso de linguagem neutra

Associações LGBT questionam no STF leis que proíbem uso de linguagem neutra

A Aliança Nacional LGBTI+ e a Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas apresentaram ao Supremo Tribunal Federal um conjunto de 18 processos contra leis municipais e uma lei estadual que proibiram