Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

HGF realiza primeiro simpósio sobre Doenças Raras

Fachada do Hospital Geral de Fortaleza. Foto: Divulgação

O Hospital Geral de Fortaleza (HGF) vai promover, no próximo dia 28, em seu auditório, o I Simpósio de Doenças Raras da unidade. Aberto ao público de profissionais de saúde, o evento tem como objetivo elucidar informações sobre patologias raras tratadas no hospital e apresentar protocolos institucionais de conduta. O encntro tem o apoio educacional da Universidade de Fortaleza (Unifor).

Como unidade referência em alta complexidade, o HGF, historicamente, já atende diversas doenças raras em suas especialidades médicas. “A única diferença é que agora podemos ter um suporte maior para focar nessa linha de cuidado. É o que chamamos de financiamento de ação estratégica, uma das políticas que o Ministério da Saúde vem investindo nos últimos anos”, ressalta Milena Pitombeira, neurologista do HGF.

O termo “doença rara” se refere a patologias que afetam menos de 65 pessoas a cada 100 mil. Em março de 2023, o HGF foi certificado como Centro de Atenção Especializada em Doenças Raras pelo Ministério da Saúde. A resolução garante suporte financeiro a equipamentos de saúde que atendem doenças raras. Atualmente, 35 instituições são beneficiadas em todo o País. No Ceará, também são certificados o Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), da Rede Sesa, e o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), equipamento federal.

Pacientes neurológicos

Atualmente, três ambulatórios do serviço de Neurologia já oferecem acompanhamento ambulatorial com equipe multiprofissional. São os ambulatórios de doenças desmielinizantes do sistema nervoso central, distúrbios do movimento e doenças neuromusculares. Apenas o serviço de Neurologia do HGF atende, de forma regular, cerca de mil pacientes com doenças raras, anualmente. Os pacientes são encaminhados via Central de Regulação.

A primeira aquisição do hospital com o apoio da política do MS é a contratação de uma médica geneticista. A intenção é poder atender de forma integral as doenças raras de todas as subespecialidades da unidade.

“O evento, portanto, vem com o objetivo de apresentar a todos os profissionais do HGF a política de um Centro de Atenção Especializada em Doenças Raras, o papel da geneticista no cotidiano da unidade e os fluxos das doenças que já tratamos. Isso vai possibilitar que a gente receba os pacientes de forma mais assertiva para o diagnóstico e tratamento”, pontua Pitombeira.

SERVIÇO

*Hospital Geral de Fortaleza – Rua Ávila Goularte, 900 · (85) 3101-3209

*Horário – Das 8 às 17 horas

*Clique para se inscrever aqui.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
CNJ afasta desembargador que falou em mulheres loucas atrás de homens

CNJ afasta desembargador que falou em mulheres loucas atrás de homens

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou nesta quarta-feira (17) o afastamento do desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) Luís Cesar de Paula Espíndola. A medida foi tomada

Servidores do INSS em greve no Ceará pedem apoio à população

Servidores do INSS em greve no Ceará pedem apoio à população

Servidores do INSS que entraram em greve no Ceará, nesta terça-feira (16), pedem apoio à sociedade, especialmente às pessoas que buscam algum serviço e conhecem as dificuldades para a liberação

Governo estende prazo para adaptação a regras do teletrabalho

Governo estende prazo para adaptação a regras do teletrabalho

Órgãos e entidades da Administração Pública Federal terão mais 90 dias para se adequar às novas regras do Programa de Gestão e Desempenho (PGD). Instrução Normativa publicada nesta quarta-feira (17)

Fortaleza x Vitória – É matar ou morrer para as duas equipes, mas com interesses diferentes

Fortaleza x Vitória – É matar ou morrer para as duas equipes, mas com interesses diferentes

Para o Fortaleza, somente a vitória interessa para, enfim, ingressar no grupo da Libertadores. Para o Vitória da Bahia, somente os três pontos interessam para sair da porta da zona

Anvisa aprova projeto de implementação de bula digital para medicamentos

Anvisa aprova projeto de implementação de bula digital para medicamentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um projeto-piloto que garante a implantação de bula digital nos medicamentos e que poderá ser acessada pela leitura, nas embalagens, de um

E o motorista, quem responde pela vida do trabalhador?

E o motorista, quem responde pela vida do trabalhador?

"Professora relata sequestro em veículo de aplicativo no Rio de Janeiro", aponta a jornalista e professora Sara York. Confira: A professora Ana Cláudia de Souza, da Universidade Federal de Santa