Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Lira e Pacheco defendem medidas extraordinárias para Rio Grande do Sul

Lula, Pacheco e Lira discutem plano emergencial para o Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul precisará de medidas extraordinárias para os trabalhos de reconstrução após as enchentes no estado, disseram neste domingo (5) os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco. Em pronunciamentos após reunião de representantes do governo federal, estadual e de prefeituras, os dois afirmaram que vão trabalhar para que o Congresso Nacional elabore um pacote de ações para reduzir a burocracia e ampliar o socorro financeiro ao estado.

“Temos a responsabilidade de discutir, nesta semana, um rumo para que a gente elabore uma medida totalmente extraordinária”, disse Lira. O presidente da Câmara informou ter convocado para esta segunda-feira (6) uma reunião do colégio de líderes da Casa para discutir o que pode ser feito.

Pacheco afirmou que buscará reduzir, ao máximo, a burocracia para ajudar na reconstrução do estado. O presidente do Senado reiterou que o Congresso tem experiência em legislar sob circunstâncias extraordinárias, citando a emenda constitucional aprovada durante a pandemia de covid-19.

“Não há limitações, não há restrições legais de tempos comuns. Há a necessidade de retirar da prateleira e da mesa a burocracia, as travas e as limitações para que nada falte ao Rio Grande do Sul para a sua reconstrução. Fizemos isso na pandemia com muita altivez no âmbito do Congresso Nacional com proposta de emenda à constituição que apelidamos de PEC da Guerra, com inúmeras medidas legislativas excepcionais”, destacou Pacheco.

Vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Edson Fachin prometeu que a corte trabalhará para criar um regime jurídico “especial e transitório” para o Rio Grande do Sul. “Aqui estamos para manifestar, mais do que a nossa solidariedade, aqui estamos juntos, o Judiciário está junto com os demais Poderes da República e estará junto especialmente na perspectiva da adoção de uma regime jurídico especial emergencial e transitório para a catástrofe ambiental no Rio Grande do Sul”, disse o ministro, que representa o STF na comitiva de autoridades federais que viajou ao estado.

Governador
Os três deram as declarações após sobrevoarem a região metropolitana de Porto Alegre e se reunirem com autoridades do governo do Rio Grande do Sul e prefeitos gaúchos. O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que recebeu a comitiva, pediu a criação de linhas especiais de crédito para pelo menos 300 dos 497 municípios do estado e também se manifestou favorável à flexibilização da legislação fiscal como ocorreu durante a pandemia de covid-19.

“As autoridades públicas aqui precisam ver e perceber, presidente Lira, presidente Pacheco, a situação. A máquina pública está sufocada com essa situação e não vai conseguir dar respostas se nós não endereçarmos ações excepcionais também do ponto de vista fiscal”, declarou o governador.

Nos últimos meses, o Rio Grande do Sul, junto com estados do Sudeste e Goiás, tem pressionado por uma renegociação das dívidas com a União. Os governadores pedem a mudança no indexador da dívida.

Atualmente, as dívidas dos estados com a União são corrigidas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mais 4% ao ano, ou pela Taxa Selic (juros básicos da economia), prevalecendo o menor indexador. Eles pedem que o indexador passe para 3% fixos ao ano ou que seja o IPCA mais 1% ao ano. Inicialmente anunciado para o fim de abril, o envio do projeto de lei com a correção da dívida deverá ser enviado este mês ao Congresso.

(Agência Brasil)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
“Não aprendi dizer adeus” – Leandro e Leonardo

“Não aprendi dizer adeus” – Leandro e Leonardo

https://www.youtube.com/watch?v=iwxeWtdTGyQ Homenagem do Blogdoeliomar ao cantor e compositor goiano Luiz José Costa, o Leandro, que neste domingo deixa 26 anos de saudade.

Floresta interrompe arrancada e pode voltar à zona de rebaixamento no complemento da rodada da Série C

Floresta interrompe arrancada e pode voltar à zona de rebaixamento no complemento da rodada da Série C

Após duas rodadas com vitórias, o Floresta voltou a ser derrotado pela Série C do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (22), quando foi superado pelo Tombense, por 3 a

TJCE tem Câmaras de Direito Público e parte criminal avaliadas como “excelente” pelo CNJ

TJCE tem Câmaras de Direito Público e parte criminal avaliadas como “excelente” pelo CNJ

“Muito me orgulho deste Tribunal. Vivi várias fases dele, estamos conscientes e tranquilos que ele vem melhorando ano após ano. Nós continuamos à disposição, abertos a críticas e sugestões, que

Loterias Online da Caixa têm instabilidade em dia da Quina de São João

Loterias Online da Caixa têm instabilidade em dia da Quina de São João

Os sistemas de apostas online das loterias da Caixa Econômica Federal apresentaram instabilidade na manhã deste sábado (22), com a indisponibilidade para apostas em diversas modalidades, entre elas a Quina

“O terror das facções armadas no Ceará”

“O terror das facções armadas no Ceará”

"Facções armadas espalham medo e violência, revelando falhas na segurança pública e necessidade de ação urgente no Ceará", aponta o ex-superintendente da Polícia Civil do Ceará, César Wagner. Confira: O

Salmito prega união das pessoas com espírito público contra crime organizado no Ceará

Salmito prega união das pessoas com espírito público contra crime organizado no Ceará

O deputado estadual e sociólogo Salmito utilizou as redes sociais neste sábado (22) para sugerir a união das pessoas com espírito público para o combate ao crime organizado no Ceará.