Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Paramos no tempo ou o tempo não para e eles não sabem? – Por Luiz Henrique Campos

Dorival não tem conseguido tirar o melhor dos melhores do Brasil na Europa. Crédito: Buda Mendes/Getty Images via AFP

A seleção brasileira de futebol volta a campo neste sábado pelas quartas de final da Copa América para pegar o Uruguai e já há quem considere o time brasileiro como zebra. Veja a que ponto chegamos. O país do futebol não ser considerado favorito contra um adversário sulamericano na competição mais importante do continente.  Mas por mais exagerada que seja essa avaliação, é impossível desmerecer os fatos.  

Não é de hoje que o futebol brasileiro perdeu o protagonismo mundial por uma série de fatores. Nossos principais jogadores estão na Europa, nossos times nacionais vivem com algumas exceções em crise, isso sem falar em arbitragens e outras coisas que fazem parte da moldura a compor a embalagem do que já foi um dos nossos orgulhos nacionais.

Há um aspecto, todavia, que chama a atenção, que parece ser a carência de bons treinadores locais. Uma prova disso é a leva de estrangeiros que têm ocupado o mercado brasileiro. E olhe que são profissionais que nem se destacam tanto lá fora. O que deixa transparecer é que nossos treinadores pararam no tempo e talvez por isso predomine por aqui a velha máxima de sempre recuar quando o placar está em vantagem para garantir o resultado.

No caso do treinador Dorival Júnior, considerado um dos melhores do país, como explicar não conseguir tirar o melhor dos melhores jogadores brasileiros atuando na Europa hoje? Como explicar a instabilidade de alguns atletas na seleção, sem que isso aconteça nos seus times de origem?    

Fortaleza promove campanha no Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial

tempo tempo,Fortaleza,Futsal,CBB Blog do Eliomar
Crédito: Reprodução/Divulgação Fortaleza EC
Legenda: Tinga protagoniza campanha do Fortaleza Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial

Sempre considerei o esporte, e o futebol mais ainda, pela força que possui junto às massas, um importante instrumento de apoio as causas sociais. Nesse sentido, é saudável quando se vê clubes se utilizando de sua capacidade de reverberação, como foi o caso do Fortaleza ao se posicionar unindo um ídolo do Fortaleza Esporte Clube, funcionários, um patrocinador, para levar uma mensagem necessária em prol de um único propósito: combater a discriminação racial. A campanha foi lançada nesta quarta-feira (3) pelo Tricolor do Pici, que por coincidência, enfrentou ontem o Vasco da Gama pelo Brasileirão, em São Januário (RJ). 

O clube carioca foi o primeiro a lutar contra o racismo no futebol brasileiro, quando há 100 anos praticou a chamada Resposta Histórica, ao se recusar a excluir 12 jogadores negros no campeonato de 1924. No vídeo, protagonizado por Tinga, ele caminha de capuz pela loja de eletrodomésticos Zenir, patrocinadora do clube. Seguido por seguranças, parece que vamos ver mais uma cena de racismo e preconceito acontecendo na abordagem ao atleta, mas o que segue é uma tietagem ao jogador, seguida de uma mensagem final.  Celebrado em 3 de julho, o Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial é um marco importante na luta contra o racismo no Brasil. Foi instituída para lembrar a criação do primeiro movimento negro do país, o Teatro Experimental do Negro, fundado em 1944 por Abdias do Nascimento. 

Fortaleza vence e se aproxima da classificação no Campeonato Brasileiro de Futsal

tempo tempo,Fortaleza,Futsal,CBB Blog do Eliomar
Crédito: Jotta/Fortaleza
Legenda: O tricolor assumiu a vice-liderança e está próximo de passar de fase 

O Fortaleza venceu o Sapezal por 2 a 1 pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro de Futsal e assumiu a vice-liderança do Grupo A ficando virtualmente classificado para a próxima fase. Com o resultado, o Fortaleza chega aos 12 pontos. A Fase de Grupos do está se afunilando e restam apenas mais duas rodadas para a definição das oito equipes classificadas em cada grupo para a Fase Eliminatória da competição. Com o encerramento da sétima rodada, quatro equipes garantiram uma vaga na próxima etapa. Pelo Grupo A, Passo Fundo e Vasco da Gama pularam a fogueira com sucesso com duas rodadas de antecedência, assim como Chopinzinho e Apodi, no Grupo B. 

Com as vitórias na rodada, Fortaleza e América-RN também estão muito perto de uma vaga, assim como o Cruzeiro, que empatou com o líder Passo Fundo. O Ceará seguiu sem pontuar na competição e agora precisa apelar para todos os santos para sobreviver na competição restando apenas mais dois jogos. A oitava rodada começou terça-feira (2/7) e vai até a próxima segunda-feira (8/7).  O Fortaleza vai a Recife pegar o Náutico no dia 8, enquanto o alvinegro, também em Pernambuco, enfrenta o Sport no dia anterior. 

O Campeonato Brasileiro de Futsal é disputado em cinco etapas: Fase Classificatória, Fase Eliminatória, Quartas de Final, Semifinais e Final. Vinte equipes divididas em dois grupos (A e B), com dez clubes cada. Todos se enfrentam dentro do próprio grupo em jogo único, com os mandos de campo definidos pela CBFS. Os oito primeiros colocados de cada grupo passam para a Fase Eliminatória. A Fase Eliminatória será disputada em jogos de ida e volta, com os classificados do Grupo A enfrentando os do Grupo B. 

CBB lança projetos para selecionar jovens altos para jogar basquete

tempo tempo,Fortaleza,Futsal,CBB Blog do Eliomar

Crédito: Divulgação CBB
Legenda: Projeto pretende selecionar jovens de ambos os sexos para a prática do basquete

A Confederação Brasileira de Basquete lançou os projetos Caboclo e Kamilla, que pretende selecionar jovens de ambos os sexos com biotipo para jogar basquete. Nesta primeira fase, a CBB está em busca de jovens de todo o país entre 12 e 16 anos, e 1,82m a 2m. Quem conhecer alguém pode indicar através do site https://www.cbb.com.br/. De acordo com a CBB, o objetivo do projeto é conhecer jovens altos e altas com biotipo interessados em ingressar no basquete, ajudá-los a encontrar um clube/projeto próximo de casa, acompanhar seu desenvolvimento e conhecê-lo melhor através de campeonatos e programas de medição e acompanhamento técnico e integrá-los ao projeto nacional em caso de destaque local e torneios futuros. 

COMPARTILHE:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias
Mais um episódio de naturalização do racismo no futebol brasileiro – por Luiz Henrique Campos

Mais um episódio de naturalização do racismo no futebol brasileiro – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Divulgação Legenda: Jogo que classificou o Bahia terminou em confusão no Estádio de Pituaçu, em Salvador Mais uma denúncia de desrespeito contra o ser humano envolveu o futebol brasileiro.

Paramos no tempo ou o tempo não para e eles não sabem? – Por Luiz Henrique Campos

Paramos no tempo ou o tempo não para e eles não sabem? – Por Luiz Henrique Campos

A seleção brasileira de futebol volta a campo neste sábado pelas quartas de final da Copa América para pegar o Uruguai e já há quem considere o time brasileiro como

Será que o problema do Ceará era o treinador? – por Luiz Henrique

Será que o problema do Ceará era o treinador? – por Luiz Henrique

Ceará vence Ituano por 4×2 e destaca espírito competitivo após a saída de Mancini. Fortaleza busca gols incessantemente. Surf brasileiro sem nordestinos em Paris 2024. Ciclistas querem área de proteção na Sabiaguaba

Produto seleção brasileira virou prato desinteressante, insosso e frio – por Luiz Henrique Campos

Produto seleção brasileira virou prato desinteressante, insosso e frio – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Agência Brasil Legenda: Dois jogos na mesma semana e pouco interesse do brasileiro A seleção brasileira de futebol joga na sexta-feira a sua segunda partida na Copa América 2024,

Matrix Energia é a nova patrocinadora do Ceará SC – por Luiz Henrique Campos

Matrix Energia é a nova patrocinadora do Ceará SC – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Divulgação/Ceará SC Legenda: A Matrix atua no mercado livre para alta e baixa tensão e em soluções para armazenamento e eficiência energética Em meio a maré baixa pela qual

Ceará rumo a uma tempestade com crise dentro e fora de campo – Por Luiz Henrique Campos

Ceará rumo a uma tempestade com crise dentro e fora de campo – Por Luiz Henrique Campos

Crédito: Gledson Jorge/Ceará SC Legenda: Conselho Deliberativo alvinegro rejeitou a proposta de mudança do estatuto aumentando a crise que ameaça o ano do clube Não é bom o que está