Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Presidente da CDL de Fortaleza está otimista com aumento das vendas no varejo

Assis Cavalcante preside a CDL. Foto: Divulgação

O comércio varejista do Ceará registrou um aumento de 9,3% no volume de vendas no primeiro bimestre de 2024 na comparação com o mesmo período do ano passado. O avanço ficou acima do que foi registrado na média nacional (6,1%). Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada no dia 11 de abril pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O levantamento apontou ainda que em relação ao mês de fevereiro do ano passado, o varejo cearense cresceu 10,7% e também registrou expansão de 8,5% nos últimos 12 meses. Esse aumento foi puxado pelo crescimento de seis dos oito setores do varejo, entre eles: combustíveis e lubrificantes (13,2%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (17,9%) e o grupo composto por hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (11,3%), seguidos de outros artigos de uso pessoal e doméstico (11,3%), tecidos, vestuário e calçados (2%) e móveis e eletrodomésticos (2,7%). Houve recuo apenas em dois setores: livros, jornais, revistas e papelaria (-47,3%) e equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-11,8%)

Apenas na passagem de janeiro para fevereiro, o setor do comércio varejista cearense cresceu 2,5%. Já no acumulado de janeiro e fevereiro deste ano, a receita do setor avançou 11,6%, também acima da média nacional (8,2%).

Para Assis Cavalcante, presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza, os números concordam com as expectativas otimistas para o setor do varejo no Ceará, que mesmo no início do ano, com os consumidores tendo tantas despesas obrigatórias, conseguiu registrar um crescimento de quase 10% no volume de vendas nos dois primeiros meses do ano. Segundo ele, as projeções são de crescimento ainda maior ao longo do ano.

“Esse crescimento no volume das vendas no varejo cearense nos deixa ainda mais confiantes para os próximos meses, até porque teremos datas importantes para o comércio que costumam levar muitos consumidores às compras antes mesmo do Natal, como Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dias dos Pais. Temos certeza de que os próximos bimestres serão ainda mais positivos, diante da expectativa de que mais pessoas irão recuperar o crédito na praça, uma vez que segue em alta o número de pessoas fechando renegociações das dívidas junto ao programa Desenrola Brasil, do Governo Federal”, pontuou.

 

COMPARTILHE:
Mais Notícias
“Sou eu” – Chrystian

“Sou eu” – Chrystian

https://www.youtube.com/watch?v=U9dqeSOrJTc Homenagem do Blogdoeliomar ao cantor e compositor goiano José Pereira da Silva Neto, o Chrystian, que nos deixou aos 67 anos.

Vozão não sai do 0 a 0 e se mantém na incômoda metade da tabela

Vozão não sai do 0 a 0 e se mantém na incômoda metade da tabela

Este ano prometia não ser igual ao que passou, após o Vozão ter visitado o G4 por toda uma rodada. Mas eis o Ceará de volta à metade da tabela,

Deputada é cassada por pagar tratamento estético com dinheiro público

Deputada é cassada por pagar tratamento estético com dinheiro público

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) cassou, por unanimidade, o mandato da deputada federal Silvia Waiãpi (PL-AP) por uso de verba pública de campanha eleitoral para procedimento estético durante

Vozão precisa vencer hoje o Sport para não se afastar do G4

Vozão precisa vencer hoje o Sport para não se afastar do G4

Com quase um terço de temporada, o Ceará precisa vencer o Sport, na noite desta quinta-feira (20), a partir das 21h30min, no Castelão, para não se afastar do G4 da

5 a 3 – Após voto de Toffoli, STF continua sem decisão sobre porte de maconha

5 a 3 – Após voto de Toffoli, STF continua sem decisão sobre porte de maconha

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta quinta-feira (20) para manter a constitucionalidade da Lei de Drogas, norma que definiu penas alternativas a usuários de drogas.

“Tiros numa quinta-feira”

“Tiros numa quinta-feira”

"O presidente chegou, a assembleia incendiou, o dólar subiu, o cantor sertanejo faleceu, destaques sim mas, a chacina de 7 jovens não choca", aponta o jornalista Paulo Nóbrega. Confira: ​Causa