Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Sancionada em 2022, Área de Proteção ao Ciclista nunca foi implementada em Fortaleza

Vereador Léo Couto é do PSB. Foto: Divulgação

A data de 3 de junho é marcada pela celebração do Dia Mundial da Bicicleta. E apesar de possuir 427,9 km de ciclofaixas, ciclovias, ciclorrotas e passeios compartilhados, Fortaleza ainda está longe de ser uma cidade segura para os ciclistas, que estão entre os mais vulneráveis no trânsito.

Sancionada em 2022, a Lei Municipal 11.279, que institui a Área de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC), nunca saiu do papel. A norma, oriunda do projeto de lei nº 450/2021, de autoria do vereador Léo Couto (PSB), busca não só promover um ambiente seguro para os ciclistas de competição, mas também fortalecer a convivência harmoniosa entre veículos e bicicletas, especialmente durante os treinos.

Leo Couto destaca que Fortaleza é conhecida por ser um celeiro de atletas de ciclismo e triatlon, com competidores que possuem reconhecimento nacional e internacional. “No entanto, apesar destes avanços, a prática esportiva com bicicletas ainda carece de uma infraestrutura adequada para garantir a segurança e a eficiência nos treinos dos nossos atletas”, lamenta ele.

A APCC, conforme detalhada na lei, seria composta por trechos de no mínimo dois mil metros lineares em cada sentido, totalizando um percurso de quatro mil metros lineares. Durante o funcionamento da APCC, os cruzamentos e retornos nos canteiros centrais seriam temporariamente interrompidos, minimizando o impacto no trânsito de veículos, mas garantindo um espaço seguro para os ciclistas.

A ideia, destaca Leo, é que inicialmente sejam criadas duas APCCs, com horários e dias de funcionamento definidos pelo órgão de trânsito competente, garantindo ao menos quatro dias semanais com duas horas de treino por dia.

Para o parlamentar, vice-líder do bloco de Oposição na Câmara Municipal, este é um passo crucial para consolidar Fortaleza como uma cidade que valoriza e incentiva o esporte, criando condições favoráveis para que nossos atletas possam se preparar adequadamente para competições de alto nível.

O vereador reforça que é imprescindível que a Prefeitura cumpra seu papel e transforme essa lei em realidade. “Nossos atletas merecem treinar em condições dignas e seguras, e a cidade de Fortaleza deve honrar seu compromisso com o esporte e com a mobilidade urbana sustentável. Não podemos aceitar a inércia quando a segurança e o desenvolvimento de nossos ciclistas estão em jogo. É hora de agir, é hora de implementar a APCC”, destaca Leo.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
“Não aprendi dizer adeus” – Leandro e Leonardo

“Não aprendi dizer adeus” – Leandro e Leonardo

https://www.youtube.com/watch?v=iwxeWtdTGyQ Homenagem do Blogdoeliomar ao cantor e compositor goiano Luiz José Costa, o Leandro, que neste domingo deixa 26 anos de saudade.

Floresta interrompe arrancada e pode voltar à zona de rebaixamento no complemento da rodada da Série C

Floresta interrompe arrancada e pode voltar à zona de rebaixamento no complemento da rodada da Série C

Após duas rodadas com vitórias, o Floresta voltou a ser derrotado pela Série C do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (22), quando foi superado pelo Tombense, por 3 a

TJCE tem Câmaras de Direito Público e parte criminal avaliadas como “excelente” pelo CNJ

TJCE tem Câmaras de Direito Público e parte criminal avaliadas como “excelente” pelo CNJ

“Muito me orgulho deste Tribunal. Vivi várias fases dele, estamos conscientes e tranquilos que ele vem melhorando ano após ano. Nós continuamos à disposição, abertos a críticas e sugestões, que

Loterias Online da Caixa têm instabilidade em dia da Quina de São João

Loterias Online da Caixa têm instabilidade em dia da Quina de São João

Os sistemas de apostas online das loterias da Caixa Econômica Federal apresentaram instabilidade na manhã deste sábado (22), com a indisponibilidade para apostas em diversas modalidades, entre elas a Quina

“O terror das facções armadas no Ceará”

“O terror das facções armadas no Ceará”

"Facções armadas espalham medo e violência, revelando falhas na segurança pública e necessidade de ação urgente no Ceará", aponta o ex-superintendente da Polícia Civil do Ceará, César Wagner. Confira: O

Salmito prega união das pessoas com espírito público contra crime organizado no Ceará

Salmito prega união das pessoas com espírito público contra crime organizado no Ceará

O deputado estadual e sociólogo Salmito utilizou as redes sociais neste sábado (22) para sugerir a união das pessoas com espírito público para o combate ao crime organizado no Ceará.