Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Servidores da CGU e STN em Fortaleza paralisam atividades

Várias operações da CGU estão atrasadas. Foto: Divulgação

Cerca de 750 servidores das carreiras de Finanças e Controle paralisam as atividades nesta quarta-feira. Isso, dentro do Dia Nacional de Protestos contra a morosidade nas negociações salariais com o governo federal. A mobiliação é feita pela Unacon Sindical, entidade que representa a categoria. São 250 servidores da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e outros 500 da Controladoria-Geral da União (CGU), número que representa quase metade do pessoa na ativa.

Em Fortaleza, os servidores se reuniram na sede da Delegacia Unacon Sindical para definir os proóximos passos do movimento.

O delegado sindical Leonardo Teixeira Ramos, representante da Unacon no Estado, afirma que a carreira de Auditoria de Finanças e Controle realiza trabalho dos mais importante, mas “nem sempre é valorizada como deveria”. Na CGU, segundo ele, as “nossas questões estruturais e salariais estão sendo guardadas na gaveta”. A categoria não entende o porquê da falta de equiparação no tratamento dentro do mesmo Ministério da Fazenda, considerando a similaridade na complexidade de cargos de auditores na SRF e na STN.

Entre as reivindicações, além de melhores salários, um Programa de Produtividade próprio, o que já foi concedido para outras carreiras de Estado.

Operação Padrão

A categoria realiza Operação Padrão desde 29 de fevereiro de 2024, após decisão em Assembleia Geral. Dirigentes do movimento questionam o ritmo de negociações com o Governo Federal, porque a categoria não recebeu devolutiva à primeira proposta apresentada à Mesa de Negociação enquanto outras carreiras de categorias correlatas já firmaram acordos.

A carreira de Finanças e Controle ainda não teve a primeira devolutiva da proposta apresentada na abertura da Mesa de Negociação Específica, em 16 de janeiro de 2024.

Atividades de combate à corrupção realizadas pela CGU se encontram atrasadas, bem como divulgação de dados em transparência ativa durante esse período. Já no Tesouro Nacional, a Operação Padrão impacta as análises de operações de créditos realizadas pelos Estados e Municípios e a emissão de Capacidade de Pagamento (Capag).

A Unacon Sindical está coletando assinaturas de intenção de entregas de cargos das chefias da CGU e da STN, bem como declaração dos demais servidores abrindo mão de assumir os cargos que ficarem vagos.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Enem 2024 – Inscrições começam na segunda-feira

Enem 2024 – Inscrições começam na segunda-feira

O período de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 começa na próxima segunda-feira (27) e segue até 7 de junho. A inscrição é feita através da Página

PubliEditorial Sebrae – Capacitações Gratuitas para se tornar um profissional de destaque com o Sebrae/CE

PubliEditorial Sebrae – Capacitações Gratuitas para se tornar um profissional de destaque com o Sebrae/CE

A educação empresarial proporciona mudanças significativas dentro e fora da organização, pois os benefícios proporcionados por ela não se restringem apenas a questões burocráticas da empresa, mas também desenvolve a

Idace entrega imissão de posse da Fazenda Cipó neste sábado

Idace entrega imissão de posse da Fazenda Cipó neste sábado

O Instituto do Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace) vai entregar, neste sábado, às 9 horas, a imissão de posse da Fazenda Cipó, situada em Quixeramobim. A solenidade contará com a

Eduardo Bismarck, Audic e o prefeito e o vice de Baturité têm diplomas cassados por decisão do TSE

Eduardo Bismarck, Audic e o prefeito e o vice de Baturité têm diplomas cassados por decisão do TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou nessa quinta-feira (23) o diploma do deputado federal Eduardo Bismarck (PDT),  por abuso do poder político. O parlamentar terá que deixar o mandato, assim

Universidades e institutos federais de ensino superior mantêm greve

Universidades e institutos federais de ensino superior mantêm greve

As universidades e institutos federais de ensino superior (Ifes) vão continuar em greve. As entidades coordenadoras da paralisação disseram que não pretendem assinar o acordo anunciado pelo Ministério da Gestão

STJ não terá expediente nos dias 30 e 31 de maio

STJ não terá expediente nos dias 30 e 31 de maio

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) não terá expediente nos dias 30 (Corpus Christi) e 31 de maio, em razão de ponto facultativo, conforme estabelece a Portaria STJ/GP 2/2024, alterada