Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

STF define 40 gramas de maconha como critério para diferenciar usuário de traficante

Luís Roberto Barroso é presidente do Supremo Tribunal Federal

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) definiu nesta quarta-feira (26) a tese de repercussão geral do julgamento que descriminalizou o porte de maconha para consumo pessoal. Por maioria, o colegiado definiu que será presumido usuário quem adquirir, guardar, depositar ou transportar até 40 gramas de cannabis sativa ou seis plantas fêmeas.

Ao avaliar o Recurso Extraordinário (RE) 635659, a maioria da Corte entendeu que o porte de maconha não é crime e deve ser caracterizado como infração administrativa, sem consequências penais. Assim, fica afastado, por exemplo, o registro na ficha de antecedentes criminais do usuário. As sanções, nesse caso, seriam advertência sobre os efeitos da maconha e comparecimento a programa ou curso educativo (incisos I e III do artigo 28 da Lei de Drogas) e aplicadas em procedimento não penal.

Presunção relativa
Ao longo da deliberação, os ministros frisaram que a quantidade de 40 gramas ou seis plantas fêmeas é relativa. A polícia está autorizada a apreender a droga e conduzir a pessoa à delegacia, mesmo por quantidades inferiores a esse limite, principalmente quando houver outros elementos que indiquem possível tráfico de drogas, como embalagem da droga, variedade de substâncias apreendidas, balanças e registros de operações comerciais.

Nesse cenário, o delegado de polícia deverá justificar minuciosamente as razões para afastar a presunção de porte para uso pessoal e não poderá se remeter a critérios arbitrários, sob pena de responsabilização.

O juiz responsável pelo caso também poderá, em casos de apreensão de quantias superiores a 40 gramas, afastar o enquadramento como crime, caso haja provas suficientes da condição de usuário da pessoa.

Apelo
Os ministros também determinaram que o Conselho Nacional de Justiça, em articulação com o Executivo e o Legislativo, deve adotar medidas para o cumprimento da decisão, além de promover mutirões carcerários com a Defensoria Pública para apurar e corrigir prisões que tenham sido decretadas fora dos parâmetros determinados pelo Plenário.

O colegiado ainda fez um apelo pelo aprimoramento de políticas públicas para o tratamento aos dependentes de drogas, com foco na não estagnação do usuário.

“Ninguém no Supremo Tribunal Federal defende o uso de drogas. Pelo contrário, nós desincentivamos o uso de drogas. Drogas ilícitas são uma coisa ruim”, ressaltou o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do STF. “Estamos debatendo a melhor forma de enfrentar esse problema e minimizar suas consequências para a sociedade. E constatamos que a não fixação de uma quantidade distintiva tem sido uma má política pública”.

Segundo Barroso, a definição desse parâmetro para distinguir usuário de traficante vai evitar que o excesso de encarceramento “forneça mão de obra para o crime organizado nas prisões brasileiras”.

(STF)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Homem usa retroescavadeira para abrir caminho no trânsito em Juazeiro do Norte e danifica veículos e deixa pessoas feridas

Homem usa retroescavadeira para abrir caminho no trânsito em Juazeiro do Norte e danifica veículos e deixa pessoas feridas

Um homem de 23 anos foi preso na madrugada deste domingo (14), em Juazeiro do Norte, quando decidiu pegar a retroescavadeira da empresa em que trabalha e que presta serviço

Floresta quer repetir feito do Iguatu no Rei Pelé, diante do CSA, e deixar zona de rebaixamento na Série C

Floresta quer repetir feito do Iguatu no Rei Pelé, diante do CSA, e deixar zona de rebaixamento na Série C

Após um desastroso início de temporada na Série C do Campeonato Brasileiro, quando não conseguiu vencer nas nove primeiras rodadas e amargou o vexame de um 5 a 0, em

“Mais um policial morto… e daí?”

“Mais um policial morto… e daí?”

"Hoje tenho plena convicção que estava errado quando achava que policial era herói. Apesar do altruísmo das nossas ações, não temos o reconhecimento da maioria da população", aponta o coronel

Ceará tem 65% da frota de veículos acima de 10 anos em circulação

Ceará tem 65% da frota de veículos acima de 10 anos em circulação

Cerca de 2,5 milhões de veículos automotores circulam no Ceará, há mais de 10 anos. A quantidade representa cerca de 65% da frota no Estado, segundo levantamento do Departamento Estadual

Ministra das Mulheres acompanha caso de aborto legal negado pela Justiça em Goiás

Ministra das Mulheres acompanha caso de aborto legal negado pela Justiça em Goiás

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, disse nesse sábado (13), em uma rede social, que a pasta acompanha o caso da desembargadora e da juíza que negaram o aborto legal

Marqueteiro de Milei vê potencial de direita em Fortaleza e chega para campanha de André Fernandes

Marqueteiro de Milei vê potencial de direita em Fortaleza e chega para campanha de André Fernandes

O pré-candidato a prefeito de Fortaleza, André Fernandes, acertou nesse sábado (13) a parceria com o marqueteiro Pablo Nobel, que estará à frente da campanha do PL ao Paço Municipal, assim que Fernandes tiver sua candidatura homologada na convenção partidária.