Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

STF julga ação para impedir desqualificação de vítimas de violência

Blog do Eliomar
Supremo Tribunal Federal

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar nessa quinta-feira (7) uma ação para impedir que mulheres vítimas de crimes sexuais sejam desqualificadas em audiências judiciais e investigações policiais.  Blog do EliomarBlog do Eliomar

Os ministros julgam uma ação protocolada no final do ano passado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) para garantir que vítimas de crimes sexuais sejam tratadas de forma digna durante a tramitação de processos.

O objetivo da procuradoria é impedir que a vida sexual pregressa da vítima seja utilizada como argumento para desqualificação moral. Se a ação for aceita pelo Supremo, fatos alheios ao caso investigado não poderão ser usados por advogados, policiais e juízes para avaliar a conduta da mulher que denunciou ser vítima de crime sexual.

A sessão foi dedicada somente às sustentações orais das partes envolvidas. A data do julgamento final ainda será marcada. Para a subprocuradora Elizeta Paiva, o discurso de desqualificação da vítima deve ser combatido pelo Judiciário.

“É imperativo que o STF reconheça a inconstitucionalidade de narrativa de desqualificação da vítima em crimes sexuais, bem como reforce o dever do poder público de coibir comportamentos com esse propósito”, afirmou Elizeta.

Mari Ferrer

Um dos casos que motivou a ação da PGR ocorreu com a modelo e influenciadora digital Mariana Ferrer, em 2018. Durante audiência na qual prestou depoimento na condição de vítima de estupro, ela foi constrangida pelo advogado do acusado.

O episódio provocou a aprovação da Lei Mari Ferrer, norma que protege vítimas e testemunhas de constrangimentos. No ano passado, o juiz responsável pelo caso foi advertido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Dia da Mulher

O julgamento foi iniciado nesta quinta-feira para marcar o Dia Internacional da Mulher, que será comemorado amanhã (8). Na abertura da sessão, a ministra Cármen Lúcia, única mulher na Corte, disse que as mulheres continuam em posição de desvalor profissional e social no país.

Na avaliação da ministra, mesmo após a promulgação da Constituição de 1988, as mulheres não desfrutam da igualdade de gênero em direitos e obrigações.

(Agência Brasil)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
16º TCE Debate aborda nesta quinta-feira o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”

16º TCE Debate aborda nesta quinta-feira o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”

Com o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) realiza nesta quinta-feira (25) a partir das 10 horas, no Plenário do Tribunal de Contas

Banho de lua pode desenvolver câncer, indica pesquisa da UFC

Banho de lua pode desenvolver câncer, indica pesquisa da UFC

Uma pesquisa realizada no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas da Universidade Federal do Ceará faz um alerta importante a todas as pessoas que costumam realizar banho de

MDB confirma sábado a chapa Delma Ferreira/Igor Ciriaco à Prefeitura de Fortim

MDB confirma sábado a chapa Delma Ferreira/Igor Ciriaco à Prefeitura de Fortim

A advogada Delma Ferreira deverá ser confirmada candidata à Prefeitura de Fortim, município do Litoral Leste do Ceará, em convenção partidária do MDB no sábado (27), a partir das 17

Fortaleza poderá igualar hoje recorde na temporada de Botafogo e Palmeiras, diante do Criciúma

Fortaleza poderá igualar hoje recorde na temporada de Botafogo e Palmeiras, diante do Criciúma

O Fortaleza poderá igualar o recorde de vitórias na temporada de Botafogo e Palmeiras, na noite desta quarta-feira (24), a partir das 19 horas, no estádio Heriberto Hulse, contra o

“Uma universidade respeitada pelo mérito”

“Uma universidade respeitada pelo mérito”

"Como as profissões refletem de um modo geral demandas específicas do mercado de trabalho e da economia, podem alterar o seu perfil para adaptar-se às novas necessidades da produção e

Citinova lança edital para projetos de inovação

Citinova lança edital para projetos de inovação

A Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), órgão da Prefeitura de Fortaleza, lançou edital de chamamento público Sandbox Regulatório nº 001/2024. O objetivo é convidar empresas a