Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

TJCE promoverá a II Semana Nacional do Registro Civil

Presidente do TJCE, desembargador Abelardo Benevides, iniciou mobilizações. Foto: TJCE

Para combater o sub-registro civil de nascimento, o Poder Judiciário do Estado, por meio da Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará (CGJ-CE), promoverá, entre os dias 14 e 17 de maio, no Complexo Cultural Estação das Artes, em Fortaleza, das 9 às 16 horas, a II Semana Nacional do Registro Civil – Registre-se!. Segundo a assessoria de imprensa do TJCE, a ação possibilitará a emissão gratuita da 2ª via do registro de nascimento ou casamento para população privada de liberdade ou egressa do cárcere, em situação manicomial e povos indígenas, além de pessoas em situação de rua.

Aqueles que desejarem obter a certidão de nascimento podem, ainda, declarar hipossuficiência e requerer a gratuidade por meio de formulário eletrônico. Para isso, os cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais serão ressarcidos por todos os atos gratuitos que praticarem no âmbito do projeto. A população também receberá orientações sobre os direitos garantidos às pessoas que possuem os documentos básicos.

“O ‘Registre-se!’ chega à segunda edição com o entusiasmo de crescimento natural de um trabalho social sério, desenvolvido pela Corregedoria-Geral da Justiça cearense. Realizamos um planejamento com muito zelo, a fim de cumprir esse papel social que lhe compete”, enfatizou a corregedora-geral, desembargadora Maria Edna Martins.

O esforço concentrado, coordenado pela Corregedoria Nacional de Justiça, será realizado por todos os tribunais do Brasil como forma de ampliar o acesso da população à documentação básica.

A ação conta com a participação da Associação de Registradores de Pessoas Naturais do Ceará (Arpen-CE), do Ministério Público do Estado, da Defensoria Pública do Ceará, das Secretarias de Administração Penitenciária, de Proteção Social, de Cultura e dos Povos Indígenas do Estado, além do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). Ainda tem o apoio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) e do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e de Execução de Medidas Socioeducativas (GMF) do Tribunal de Justiça do Ceará.

SERVIÇO

*Complexo Cultural Estação das Artes – Rua Dr. João Moreira, nº 540, no Centro de Fortaleza.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Vozão precisa vencer hoje o Sport para não se afastar do G4

Vozão precisa vencer hoje o Sport para não se afastar do G4

Com quase um terço de temporada, o Ceará precisa vencer o Sport, na noite desta quinta-feira (20), a partir das 21h30min, no Castelão, para não se afastar do G4 da

5 a 3 – Após voto de Toffoli, STF continua sem decisão sobre porte de maconha

5 a 3 – Após voto de Toffoli, STF continua sem decisão sobre porte de maconha

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta quinta-feira (20) para manter a constitucionalidade da Lei de Drogas, norma que definiu penas alternativas a usuários de drogas.

“Tiros numa quinta-feira”

“Tiros numa quinta-feira”

"O presidente chegou, a assembleia incendiou, o dólar subiu, o cantor sertanejo faleceu, destaques sim mas, a chacina de 7 jovens não choca", aponta o jornalista Paulo Nóbrega. Confira: ​Causa

Alece passará a ter sessões remotas, diante da destruição do plenário

Alece passará a ter sessões remotas, diante da destruição do plenário

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), Evandro Leitão, anunciou na tarde desta quinta-feira (20), por meio das redes sociais, que o Legislativo do Estado passará a adotar sessões

Lula anuncia R$ 778 milhões em investimentos em instituições federais do Ceará

Lula anuncia R$ 778 milhões em investimentos em instituições federais do Ceará

O presidente Lula anunciou nesta quinta-feira (20), em visita ao Ceará, o investimento de R$ 778 milhões para expansão e consolidação de instituições federais de ensino e da saúde no

“Brasil: uma sociedade autoritária”

“Brasil: uma sociedade autoritária”

"O ódio é a característica central na sociedade brasileira contemporânea", aponta o ex-presidente do Brasil, Fernando Collor. Confira: Cabe uma paráfrase sociológica à pergunta feita por Nietzsche em Ecce Hommo,