Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Uece vai compartilhar com o mundo acervo do intelectual Djacir Menezes

Aervo do cearense é um dos mais ricos do mundo. Foto: Divulgação

A Biblioteca Central Professor Antônio Martins Filho, da Universidade Estadual do Ceará (Uece), vai compartilhar, a partir do primeiro semestre deste ano, um valioso patrimônio cearense: o acervo do bibliófilo Djacir Lima Menezes, intelectual, professor, sociólogo, jurista, economista e filósofo, nascido em Maranguape. O acervo é composto por 16 mil livros que pertenciam à Djacir, de áreas como Direito, Filosofia, Sociologia, Economia, História Geral, História do Brasil, Literatura Brasileira, Literatura Estrangeira, além de documentos diversos como manuscritos, correspondências, fotografias e medalhas.

Segundo a assessoria de imprensa da Instituição, dos 16 mil volumes, 3.200 são obras raras e valiosas, entre as quais a Uece selecionou duas coleções, de 100 obras nacionais e 100 obras estrangeiras, para compartilhar virtualmente com o mundo. Isso virá por meio da tecnologia street view, na plataforma Google Arts and Culture. A previsão é que o material seja disponibilizado ainda neste primeiro semestre do ano.

Para a diretora da Biblioteca da Uece e uma das coordenadoras do projeto, Ana Néri Barreto, esse ambiente online favorece a disseminação do conhecimento e a Uece não poderia ficar de fora. “As bibliotecas universitárias são instituições e, como tal, são constituídas por um conjunto de funções responsáveis, que vão desde o planejamento até a recuperação da informação. E a nossa Biblioteca não poderia deixar de participar dessa plataforma, mantida pelo Google em colaboração com museus, bibliotecas e galerias de arte espalhados por diversos países”.

Para o curador, historiador e também coordenador do projeto, Rodrigo Alves Ribeiro, “é muito importante que acervos particulares como de Djacir Menezes sejam disponibilizados para o mundo. Porque não é apenas o fato de ser um acervo particular, mas um acervo particular com a relevância documental que tem, que apresenta. Então, a partir dessa iniciativa, pesquisadores de todo o mundo poderão acessar essa documentação. E, se não conseguir acessar essa documentação, eles vão conseguir identificar onde ela se encontra, porque um acervo dessa magnitude precisa ser exposto para o mundo, precisa se tornar acessível para todos. Assim, tratamos também da democratização do conhecimento e do acesso à informação”.

Exposição

Uma exposição virtual será inaugurada com a obra “O Outro Nordeste”, de Djacir Menezes. Segundo a também coordenadora do projeto e bibliotecária, Lúcia Maria da Silva, e Rodrigo Alves Ribeiro, a escolha da obra se deve à sua singular importância. “O livro foi publicado em 1937, em coleção que, no ponto de vista da política editorial no Brasil, é muitíssimo importante, que é a Coleção Documentos Brasileiros, pertencente ao catálogo da editora José Olympio”, ressalta Rodrigo.

Lúcia acrescenta que outras valiosas obras nacionais serão disponibilizadas, de renomados autores, como Heráclito Graça, Thomaz Pompêo, Antonio Salles, Rodolfo Theophilo, Barão de Studart; além de obras internacionais, como de Karl Kautsky.

A coleção do professor Djacir Menezes faz parte do patrimônio da Uece, tendo sido adquirida pela Universidade no ano 2000, em parceria com Banco do Nordeste, Grupo M. Dias Branco, Grupo J. Macedo, Sesc, Fiec, Aprece e Secretaria da Cultura do Ceará, e apoio da família do cearense.

DETALHE – A ideia de ingressar no Google Arts and Culture partiu do coordenador e curador do projeto na Uece, o analista da Uece e historiador Rodrigo Alves Ribeiro, a partir da sua experiência na Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece), em que, como mais recente resultado, contribuiu com a difusão da mostra Iracema por Anita Malfatti, que pode ser acessada clicando aqui.

 

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Robinho completa um mês na prisão e deve trabalhar

Robinho completa um mês na prisão e deve trabalhar

O ex-jogador Robinho está completando um mês de prisão, neste domingo. Na Penitenciária 2 de Tremembé (SP), o ex-atleta, que cumpre pena de 9 anos pelo crime de estupro coletivo

“Elon Musk é a cara do capitalismo fascista”

“Elon Musk é a cara do capitalismo fascista”

Com o título "Elon Muski  é a cara do Capitalismo fascista", eis artigo de Ricardo Kelmer, escritor e jornalista. "Mas sem regulação das redes sociais, que significa também regular a

Luizianne chega ao encontro do PT e rompe calmaria dos discursos pró-Leitão

Luizianne chega ao encontro do PT e rompe calmaria dos discursos pró-Leitão

A chegada da pré-candidata do PT à Prefeitura de Fortaleza, agora há pouco, no Hotel Oásis Atlântico, na Beira Mar, rompeu a até então calmaria no encontro dos delegados do

OAB-CE lança pedra fundamental da nova sede na seccional do Maciço de Baturité

OAB-CE lança pedra fundamental da nova sede na seccional do Maciço de Baturité

O presidente da Ordem dos Advogados do  Brasil, regional do Ceará, Erinaldo Dantas, vai lançar, na próxima terça-feira, às 1530, a nova sede da secional da Ordem do Maciço de

Professores do Estado decidem pela negociação e greve está descartada

Professores do Estado decidem pela negociação e greve está descartada

Em Assembleia Geral, neste fim de semana, os professores da rede estadual de ensino decidiram pela continuidade da mesa de negociação com com o Governo do Ceará, quando o estado