Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“Amor romântico em crise?”

Zenilce Bruno é psicóloga e sexóloga.

Com o título “Amor romântico em crise?”, eis artigo de Zenilce Bruno, psicóloga e sexóloga. Ela aborda o tema neste Dia dos Namorados.

Confira:

         A consciência da diferença entre o amor romântico e o amor genuíno já é o começo para uma mudança interior. É recomendado “se cercar” de conteúdos e de pessoas que ajudem a derrubar essas crenças enraizadas no amor romântico. A historiadora Silvana Silva, enfatiza que para a construção de relacionamentos mais saudáveis é necessário aprender sobre o amor, um sentimento concreto embasado na realidade e que pode ser vivenciado de maneira íntegra pelos seres humanos. Nossa cultura valoriza demais o amor como fantasia ou mito, mas não faz o mesmo em relação a arte de amar. O amor verdadeiro quando buscado, nem sempre nos levará ao “felizes para sempre” e, mesmo se o fizer, é preciso que saibamos que amar dá trabalho, não é essa história perfeita e pronta dos contos de fadas.                         

A palavra de ordem deste século é parceria. Estamos trocando o amor de necessidade pelo amor de desejo. Eu gosto e desejo a companhia, mas não preciso, o que é muito diferente. Com o avanço tecnológico que exige mais tempo individual, as pessoas estão perdendo o pavor de ficar sozinhas, e aprendendo a conviver melhor consigo mesmas. Elas estão começando a perceber que se sentem fração, mas são inteiras. O outro, com o qual se estabelece um elo, também se sente uma fração. Não é príncipe ou salvador de coisa nenhuma, é apenas um companheiro de viagem.

A nova forma de amor, ou mais amor, tem nova feição e significado. Visa à aproximação de dois inteiros, e não a união de duas metades. Quanto mais o indivíduo for competente para viver sozinho, mais preparado estará para uma boa relação afetiva. A solidão é boa, ficar sozinho não é vergonhoso, ao contrário, dá dignidade à pessoa. As boas relações afetivas são muito parecidas com o ficar sozinho, ninguém exige nada de ninguém e ambos crescem.

Relações de dominação e de concessões exageradas são coisas do século passado. Cada cérebro é único. Nosso modo de pensar e agir não serve de referência para avaliar ninguém. Muitas vezes, pensamos que o outro é nossa alma gêmea e, na verdade, o que fizemos foi inventá-lo ao nosso gosto.

*Zenilce Bruno

Psicóloga e sexóloga.

COMPARTILHE:

Uma resposta

  1. Excelente artigo! O amor de necessidade foi substituído pelo amor de desejo. Podemos dizer, também, que quem não é feliz consigo mesmo, dificilmente, será numa relação com o outro. Ser inteiro em tudo é o começo da mudança na relação com todos, e com o objeto do amor. Parabéns, Zenilce Bruno!

Mais Notícias
“Uma carta é mais que palavras”

“Uma carta é mais que palavras”

"Estava lá por amor, e por amor a gente faz coisas impensáveis. Inclusive ir morar em Paris como se fosse ir morar em Singapura, Nairobi ou Irauçuba", aponta a jornalista

Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre, com inscrições até sexta-feira

Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre, com inscrições até sexta-feira

O Ministério da Educação (MEC) ofertará 243.850 bolsas no processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni). As inscrições para o segundo semestre deste ano começam terça-feira (23) e vão

Lucilvio Girão diz que Maranguape deveria proporcionar oportunidades de ensino superior e emprego aos seus jovens

Lucilvio Girão diz que Maranguape deveria proporcionar oportunidades de ensino superior e emprego aos seus jovens

Em encontro com a juventude de Maranguape, nesta semana, o pré-candidato a prefeito Lucilvio Girão (PSD) disse que não o município da Região Metropolitana de Fortaleza não proporciona oportunidades para

Eleições municipais: convenções partidárias começam neste sábado

Eleições municipais: convenções partidárias começam neste sábado

A partir deste sábado (20), os partidos e federações estão autorizados a realizar as convenções internas para a escolha dos candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores que disputarão

Loterias pagam R$ 358 milhões em sorteios neste sábado

Loterias pagam R$ 358 milhões em sorteios neste sábado

As loterias da Caixa Econômica Federal trazem prêmios, em sorteios na noite deste sábado (20), que totalizam R$ 358 milhões em suas principais loterias. As apostas podem ser feitas até