Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Café com chocolate: Brasilidade, sabor e sustentabilidade são a marca da dengo – por Mirelle Costa

Fui conhecer a Dengo, uma empresa genuinamente brasileira. O cacau é produzido na Mata Atlântica, mais especificamente no Sul da Bahia. Sem aromatizantes e com opções sem leite de vaca, o chocolate vai bem com um café coado ou cappuccino italiano.

Dengo - Café com chocolate

“Somos uma empresa paulista com coração nordestino. Investimos em reduzir e geração de resíduos, então, por exemplo, temos um ovo de Páscoa com a embalagem feita da casca da semente do cacau, transformada em papel e uma outra, em tecido, que vira almofada”, explica Lídia Campos, gerente da Dengo do shopping Iguatemi, em Fortaleza.

(A proposta da marca é agregar valor à produção rural, por meio do manejo de sistemas agroflorestais (cabrucas), diversificando a área de atuação e aumentando a produção sustentável. // Foto: Julião Junior)
(A proposta da marca é agregar valor à produção rural, por meio do manejo de sistemas agroflorestais (cabrucas), diversificando a área de atuação e aumentando a produção sustentável. // Foto: Julião Junior)

Hoje a Dengo possui quarenta lojas em todo o Brasil e duas na França. Na loja do Iguatemi, o chocolate do tipo quebra-quebra de longe chama a atenção. Placas enormes com os mais diferentes sabores; como abacaxi com coco, banana e castanha de caju (sem adição de açúcar), biju, limão e tapioca (meu preferido), jaca com pimenta baniwa, cupuaçu com castanha de caju, manga com macadâmia, além de outros mais tradicionais, como crocante, morango e caramelo.

“Engraçado que não tínhamos o café para vender, no início, mas oferecíamos aos clientes para limparem o paladar e experimentarem nossa variedade de chocolates. A combinação deu tão certo que passamos a oferecer o café nesse espaço bastante convidativo. Muitos clientes fiéis utilizam até como coworking”, conta Lídia Campos.

(As placas custam de 59,90 a 64,90, duzentos gramas. Os chocólatras podem se fartar com uma peça gigante de chocolate dentro de uma caixa chamativa embalada pra presente com laço e tudo. Pense num presente que todo mundo gostaria de ganhar! // // Foto: Julião Junior)
(As placas custam de 59,90 a 64,90, duzentos gramas. Os chocólatras podem se fartar com uma peça gigante de chocolate dentro de uma caixa chamativa embalada pra presente com laço e tudo. Pense num presente que todo mundo gostaria de ganhar! // // Foto: Julião Junior)
(Chocolates a partir de 58% cacau não possuem leite na composição. Esse "detalhe"ganhou meu coração // Foto: Julião Junior)
(Chocolates a partir de 58% cacau não possuem leite na composição. Esse “detalhe”ganhou meu coração // Foto: Julião Junior)

LITERATURA É CONTEMPLADA EM EDITAL DE CHAMAMENTO PARA A MOSTRA SESC CARIRI DE CULTURAS 2024

Até o dia 24 de março de 2024, artistas ou grupos de artistas, nacionais, com representante legal maior de 18 anos, poderão participar da Mostra Sesc Cariri de Culturas também na categoria literatura, que nesse caso, vai acontecer em espaços determinados pelo Sesc, como praças, auditórios, escolas, dentre outros.

Confira as categorias:

Poderão se inscrever autores, artistas ou grupos para apresentar trabalhos nas seguintes
modalidades:
a) Café Literário: No formato de mesa (bate-papo) com um ou dois autores e mediador. As propostas poderão abranger temas diversos de ficção ou não ficção, com duração de no mínimo 50 minutos de conversa, seguido de perguntas abertas ao público;
b) Performance Poética: No formato de sarau, slam ou performance individual, com duração de no mínimo 50 minutos;
c) Narração de Histórias: As propostas de Narração de Histórias poderão abranger temas diversos e diferentes formas de manifestação, ou seja, poderão ser nos moldes do narrador tradicional, que se utiliza apenas da oralidade; utilizando adereços, expressão corporal e dramatização; com manipulação de bonecos; com utilização de técnicas de teatro de sombras; com música; utilizando como elemento cênico o livro; entre outras formas. As Narrações de Histórias deverão ter duração mínima de 45 minutos.

Cada autor(a), artista ou grupo poderá inscrever um ou mais trabalhos inéditos na Mostra.
Poderão ser selecionadas até duas propostas de cada artista ou grupo.
Os direitos conexos das obras inscritas são de inteira responsabilidade do proponente.

Na plataforma de inscrição, deverão constar as seguintes informações:

a) Cadastro de todos integrantes do grupo (incluindo equipe técnica e produção);
b) Link do vídeo da apresentação na íntegra, atualizado, sem edição e em boa resolução (exceto na
modalidade Café Literário);
c) Links de no mínimo três imagens da proposta com resolução de 360 DPIs, formato JPG, com
apresentação de créditos, que poderão ser utilizadas em peças promocionais e distribuídas para
a imprensa;
d) Release;
e) Ficha Técnica;
f) Necessidades técnicas de som e luz (caso necessário);
g) Lista de outras necessidades técnicas e de logística para as apresentações;
h) Currículo dos autores(as), artista ou grupo;
i) Portfólio (críticas, material de imprensa, cartazes, cartas e/ou depoimentos de artistas/teóricos
de reconhecido mérito e outros documentos que informem sobre as atividades dos autores(as), artista ou grupo);
j) Documentação para contratação conforme item 5.10.1 deste edital.
As inscrições deverão ser efetivadas somente pela internet, através do preenchimento de ficha on-line, disponível no endereço eletrônico https://eventos.sesc-ce.com.br.

COMPARTILHE:

Uma resposta

Mais Notícias
Educação e Meio Ambiente são temas principais da biografia do professor Artur Bruno – por Mirelle Costa

Educação e Meio Ambiente são temas principais da biografia do professor Artur Bruno – por Mirelle Costa

Escrever sobre quem admiramos é um gesto, acima de tudo, muito generoso. A professora Najila Cabral dedicou três anos a eternizar a história de um professor e pesquisador que, certamente,

Região Norte recebe Evento Literário que reúne quase seis mil pessoas – por Mirelle Costa

Região Norte recebe Evento Literário que reúne quase seis mil pessoas – por Mirelle Costa

Mil livros vendidos, vinte expositores na feira literária, além de 37 ações foram realizadas em três dias de evento. Os números não conseguem expor a alegria de escritores e leitores

Do Pé à xícara: Conheça a trajetória da Uritu Cafés – por Mirelle Costa

Do Pé à xícara: Conheça a trajetória da Uritu Cafés – por Mirelle Costa

Gustavo Lima já era apreciador de café quando tornou-se produtor no maciço de Baturité. “Eu queria começar, mas não sabia como. Fiz capacitações e treinamentos para plantar, colher e beneficiar

Um pedaço do mundo dentro do bairro: a história da biblioteca comunitária Livro Livre Curió – Por Mirelle Costa

Um pedaço do mundo dentro do bairro: a história da biblioteca comunitária Livro Livre Curió – Por Mirelle Costa

Quando a ideia tomou forma, em 2018, Talles Azigon tinha apenas duas estantes e um sonho. Dividiu com a mãe um espaço dentro de casa. Ela, mantendo uma pequena esmalteria;

Aracati, Sobral e Icó recebem a Feira Literária do Ceará – Por Mirelle Costa

Aracati, Sobral e Icó recebem a Feira Literária do Ceará – Por Mirelle Costa

Feira Literária do Ceará Chega a Sobral, Icó e Aracati: Um Encontro Cultural Imperdível! Em maio, Sobral, Icó e Aracati recebem a primeira edição da Feira Literária do Ceará, com

14 de abril – Dia Mundial do Café – Por Mirelle Costa

14 de abril – Dia Mundial do Café – Por Mirelle Costa

Explorando os Mistérios e Sabores do Café na Chacra Cafeteria: Uma Jornada Sensorial para Celebrar o Dia Mundial do Café Para celebrar O DIA MUNDIAL DO CAFÉ, tomamos a bebida