Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Ceará rumo a uma tempestade com crise dentro e fora de campo – Por Luiz Henrique Campos

Crédito: Gledson Jorge/Ceará SC Legenda: Conselho Deliberativo alvinegro rejeitou a proposta de mudança do estatuto aumentando a crise que ameaça o ano do clube
Crédito: Gledson Jorge/Ceará SC Legenda: Conselho Deliberativo alvinegro rejeitou a proposta de mudança do estatuto aumentando a crise que ameaça o ano do clube
Crédito: Gledson Jorge/Ceará SC
Legenda: Conselho Deliberativo alvinegro rejeitou a proposta de mudança do estatuto aumentando a crise que ameaça o ano do clube
Crédito: Gledson Jorge/Ceará SC Legenda: Conselho Deliberativo alvinegro rejeitou a proposta de mudança do estatuto aumentando a crise que ameaça o ano do clube

Não é bom o que está acontecendo com o Ceará.  Se não bastassem os resultados fora de campo, o que se viu na última segunda-feira durante o processo de votação pelo Conselho Deliberativo da proposta de mudança do estatuto do clube, revela uma instabilidade que foge às raias do administrável fora de campo, mas que afeta diretamente o desempenho do time. Brigas internas em diretorias de clubes de futebol nunca foram novidade, acontece agora porém, que as redes sociais são capazes de potencializar um cenário que mais se assemelha a uma disputa com possibilidade de descambar para outras esferas, dado ao fator emoção envolvido. A preço de hoje, não se vislumbra uma saída fácil para a crise, principalmente porque inexistem pessoas com perfil apaziguador entre os atuais mandatários alvinegros.  O mais grave, é que como ainda estamos no meio do ano e não chegamos nem na metade da Série B, resta aguardar que o time pelo menos consiga minorar os riscos, que aqui, no caso, seria se manter no meio da tabela, sem decepcionar mais tarde, que hoje, já parece ter jogado a toalha do acesso.

Festival GKC Velas Trairi marca abertura da etapa dos bons ventos no NE

Crédito @limagenspro Legenda: Festival GKC Velas Trairi content reúne os melhores kitesurfistas do Brasil
Crédito @limagenspro Legenda: Festival GKC Velas Trairi content reúne os melhores kitesurfistas do Brasil

Até o próximo dia 23, a cidade de Trairi, no litoral oeste do Ceará, é a capital do Kitesurf e do Wingfoil do país, com a realização do Festival GKC Velas, que recebe os melhores atletas do Brasil nessas modalidades, que irão se encontrar para o primeiro evento da temporada 2024 no nordeste. As modalidades em disputa para essa edição do evento, que marca a abertura da temporada dos bons ventos no nordeste brasileiro, são: Circuito Brasileiro de Kitesurf (ABK); Circuito Brasileiro de Wingfoil (ABWING); Campeonato Brasileiro de Jangadas (CBVELA); e Campeonato Regional Town in surf foil. As competições acontecem na Praia do Guajiru, e neste ano, a edição 2024 vem pra ser ainda mais especial, mais forte e mais profissional, pois além das disputas, o encontro reserva espaço para a valorização da cultura da comunidade, envolvendo ações nos aspectos de sustentabilidade e empreendedorismo. 

Silvana Lima se prepara a segunda etapa do Dream Tour 2024 

Crédito: se_ginho
Legenda: Campeões e vice-campeões do Dream Tour Porto de Galinhas: Silvana Lima, Laura  Raupp, Edgard Groggia e Jadson André
Crédito: se_ginho Legenda: Campeões e vice-campeões do Dream Tour Porto de Galinhas: Silvana Lima, Laura Raupp, Edgard Groggia e Jadson André

A segunda etapa do Dream Tour de Surf 2024, que reúne a elite do surf brasileiro nas categorias masculino e feminino, já tem data e local marcados. Depois da etapa de Porto de Galinhas, a próxima acontecerá na praia do Buraco, em Vila Velha, no Espirito Santo, de 17 a 22 de julho. O Ceará terá nessa segunda etapa vários representantes, com Silvana Lima sendo o destaque, já que conquistou o segundo lugar na primeira das quatro previstas. Na categoria feminina a vencedora foi Laura Raupp (SC). Já Edgard Groggia (SP) derrotou na última bateria o atleta Jadson André (RN). Ambos os atletas venceram pela primeira vez e receberam R$ 40 mil e somaram  10 mil pontos no ranking cada.

A final feminina foi literalmente um encontro de gerações. Silvana Lima, de 39 anos, é hexacampeã brasileira, duas vezes vice-campeã mundial e venceu a primeira etapa do Dream Tour 2023, na cidade de Xangri-lá, além disso, é uma das atletas mais experientes do país. Enquanto Laura, de 18, é uma das promessas do surfe brasileiro, já tendo grandes resultados nacionais e internacionais, fez parte do top 5 do ranking mundial Pro Junior, em 2023, e agora é também a campeã da 1ª etapa do Circuito Brasileiro. Mesmo enfrentando uma adversária com muita experiência, Laura viveu sua segunda final no Dream Tour, já que enfrentou Tainá Hinckel em Maceió, ficando com a segunda colocação. Desta vez, somou 10.33 pontos e levou o título para casa, enquanto Silvana fez 8.90.

Equipe de Triatlo do Brasil em Paris terá dois cearenses

Crédito: Gaspar Nóbrega/COB
Legenda: Manoel Messias, primeiro à esquerda, e Vitória Lopes, quarta à direita, fazem parte da equipe
Crédito: Gaspar Nóbrega/COB Legenda: Manoel Messias, primeiro à esquerda, e Vitória Lopes, quarta à direita, fazem parte da equipe

A World Triathlon, entidade reguladora do triatlon mundial, divulgou as vagas Olímpicas que os atletas conquistaram para os seus países aos Jogos Olímpicos Paris 2024. O Brasil conquistou quatro vagas, duas por gênero, e portanto terá direito a participar da prova de revezamento misto. Duas dessas vagas são de cearenses: Manoel Messias e Vitória Lopes. Na última atualização, realizada após a Copa do Mundo de Cagliari, no dia 27 de maio, dois brasileiros estão no top 15 do ranking masculino: Miguel Hidalgo caiu duas posições e está em nono lugar, enquanto Manoel Messias permanece em 14º. Já no ranking feminino, duas brasileiras estão próximas, dentro do top 30: Vitória Lopes caiu uma posição e ocupa a 29ª posição, enquanto Djenyfer Arnold subiu quatro posições e está em 30º.  A Confederação Brasileira de Triatlo anunciou os quatro como representantes da equipe brasileira. Eles formaram o quarteto brasileiro medalhista de ouro na prova nos Jogos Pan-Americanos Santiago 2023. 

Correios retoma apoio ao esporte com patrocínio a ginástica brasileira

Crédito: Divulgação CBG
Legenda: Atualmente, a CBG possui mais de 5 mil atletas ativos, 26 federações e 316 entidades afiliadas
Crédito: Divulgação CBG Legenda: Atualmente, a CBG possui mais de 5 mil atletas ativos, 26 federações e 316 entidades afiliadas

Os Correios, líderes no segmento logístico e de entrega de encomendas no Brasil e responsáveis pela atividade postal nacional, anunciaram a retomada do apoio ao esporte no Brasil com a assinatura de um contrato de patrocínio com a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). A ação faz parte da estratégia para visibilidade da marca da estatal, após anos sem ações no esporte nem na publicidade, em decorrência do projeto de privatização que havia sido iniciado no governo anterior e que foi interrompido no primeiro dia de governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Com o patrocínio, os Correios associam sua marca aos atributos das modalidades da CBG, como precisão, força, flexibilidade, agilidade, coordenação e equilíbrio.  Além disso, o patrocínio visa também potencializar a ginástica brasileira e fortalecer a infraestrutura do esporte, ampliando o suporte aos atletas em todas as fases de suas carreiras e democratizando o acesso à prática da ginástica no País.

Atualmente, a CBG possui mais de 5 mil atletas ativos, 26 federações e 316 entidades afiliadas e mantém 27 centros de alto rendimento em todas as regiões do Brasil que, desde sua implantação, já atenderam mais de 15 mil crianças. O contrato, que tem duração de um ano, abrange as diversas modalidades da ginástica, como Ginástica Artística Feminina e Masculina, Ginástica Rítmica, Ginástica Aeróbica, Ginástica de Trampolim, Ginástica Acrobática, Ginástica para Todos e Parkour. Nesse período, o planejamento esportivo do projeto de patrocínio contará também com oito modalidades esportivas, divididas em 12 eventos nacionais, realizados em todo o território brasileiro. Destaque ainda para a participação em jogos internacionais, que ocorrerá em 14 eventos.

COB promove workshop para auxiliar atletas no uso das redes sociais durante as Olimpíadas

Crédito: Gaspar Nóbrega/COB
Legenda: Regras do Comitê Olímpico Internacional (COI) estabelecem limites para a produção de conteúdo
Crédito: Gaspar Nóbrega/COB Legenda: Regras do Comitê Olímpico Internacional (COI) estabelecem limites para a produção de conteúdo

A pouco mais de um mês do início dos Jogos Olímpicos Paris 2024, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) promoveu, nesta segunda-feira (17), um workshop para auxiliar atletas, assessores e confederações no uso das mídias sociais e internet. A iniciativa soma-se a outras ações feitas pela entidade ao longo dos últimos meses visando uma preparação 360º da delegação para o maior evento do ciclo olímpico. O workshop, realizado de forma online, abordou uma série de temas, como os efeitos psicológicos da vida digital no esporte; insights e direcionais de conteúdo; formas de transformar o dia a dia e a rotina do atleta em conteúdos nas redes sociais; como se posicionar diante de narrativas negativas nas redes; e formas de atletas influenciadores estabelecerem suas presenças online. Além desses temas, o COB ainda introduziu regras do Comitê Olímpico Internacional (COI), que estabelecem limites para a produção de conteúdo e para a exposição de patrocinadores não-parceiros do movimento olímpico. Ao longo do encontro, a entidade contou com a participação das agências End to End e AP Exata e de representantes do TikTok e da Meta.

Marlon Zanotelli é destaque em Grand Prix de hipismo na Bélgica

Marlon Zanotelli é destaque em Grand Prix de hipismo na Bélgica
Marlon Zanotelli é destaque em Grand Prix de hipismo na Bélgica

De olho nas Olimpíadas de Paris, o cavaleiro Marlon Zanotelli, que competiu em Tóquio representando o Ceará, foi o grande destaque no Grand Prix de Opglabbeek, em provas do hipismo de saltos, realizado na Bélgica, no último domingo (16). Entre sete brasileiros que estavam na prova, o atleta foi o que teve melhor desempenho na Prijs Aloga Auction, evento CSI4* com obstáculos em 1m45, ficando em quarto lugar. Montando Object Of My Affection Marathon, Marlon Zanotelli venceu o percurso inicial e encerrou o trajeto definitivo em 37s23, sem faltas. Marlon Zanotelli ficou atrás somente do vencedor Thibault Philippaerts, da Bélgica, com 35s17, de Jennifer Hochstaedter, de Liechtenstein, segunda colocada, com 36s05, e de Anthony Wellens, também da Bélgica, terceiro, com 36s34. 

O hipismo brasileiro conquistou sua vaga em Paris com o quarto lugar na final da Copa do Mundo de hipismo saltos. A vaga foi conquistada por Luciana Diniz com Vertigo du Desert, Marlon Zanotelli com Grand Slam VDL, Pedro Veniss com Nimrod de Muze Z, Rodrigo Pessoa com Major Tom e Stephan Barcha com Chevaux Primavera Império Egípcio.  Na Olimpíada, poderão ser inscritos quatro conjuntos, três titulares e um reserva e o Marlon Zanotelli deve ser um dos representantes do Brasil. 

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Mais um episódio de naturalização do racismo no futebol brasileiro – por Luiz Henrique Campos

Mais um episódio de naturalização do racismo no futebol brasileiro – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Divulgação Legenda: Jogo que classificou o Bahia terminou em confusão no Estádio de Pituaçu, em Salvador Mais uma denúncia de desrespeito contra o ser humano envolveu o futebol brasileiro.

Paramos no tempo ou o tempo não para e eles não sabem? – Por Luiz Henrique Campos

Paramos no tempo ou o tempo não para e eles não sabem? – Por Luiz Henrique Campos

A seleção brasileira de futebol volta a campo neste sábado pelas quartas de final da Copa América para pegar o Uruguai e já há quem considere o time brasileiro como

Será que o problema do Ceará era o treinador? – por Luiz Henrique

Será que o problema do Ceará era o treinador? – por Luiz Henrique

Ceará vence Ituano por 4×2 e destaca espírito competitivo após a saída de Mancini. Fortaleza busca gols incessantemente. Surf brasileiro sem nordestinos em Paris 2024. Ciclistas querem área de proteção na Sabiaguaba

Produto seleção brasileira virou prato desinteressante, insosso e frio – por Luiz Henrique Campos

Produto seleção brasileira virou prato desinteressante, insosso e frio – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Agência Brasil Legenda: Dois jogos na mesma semana e pouco interesse do brasileiro A seleção brasileira de futebol joga na sexta-feira a sua segunda partida na Copa América 2024,

Matrix Energia é a nova patrocinadora do Ceará SC – por Luiz Henrique Campos

Matrix Energia é a nova patrocinadora do Ceará SC – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Divulgação/Ceará SC Legenda: A Matrix atua no mercado livre para alta e baixa tensão e em soluções para armazenamento e eficiência energética Em meio a maré baixa pela qual

Ceará rumo a uma tempestade com crise dentro e fora de campo – Por Luiz Henrique Campos

Ceará rumo a uma tempestade com crise dentro e fora de campo – Por Luiz Henrique Campos

Crédito: Gledson Jorge/Ceará SC Legenda: Conselho Deliberativo alvinegro rejeitou a proposta de mudança do estatuto aumentando a crise que ameaça o ano do clube Não é bom o que está