Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Ciclos: Econômico, Operacional e Financeiro. Qual a importância desses conceitos para sua empresa? – Por Fabiano Mapurunga

Qual a importância desses conceitos para sua empresa?
Qual a importância desses conceitos para sua empresa?

O controle dos ciclos econômico, operacional e financeiro de uma empresa objetivam ter a mensuração mais próxima sobre o tempo em que suas atividades são desenvolvidas. Sua importância se intensifica nos controles gerenciais que interferem na gestão direta do seu negócio, refletindo inclusive na sua cultura organizacional. Suas quantificações dependem dos seus processos de produção, da sua capacidade de vendas e de recebimento de seus clientes, bem como dos pagamentos a fornecedores.

Para sermos mais objetivos sobre essas explicações, vamos usar um exemplo hipotético de uma empresa, para ilustrar as situações:

Consideremos uma empresa onde as mercadorias passam em média 50 dias paradas no estoque, onde a média de recebimentos das contas a receber de seus clientes é de 70 dias, sendo o pagamento a fornecedores realizado em 30 dias. Vamos então montar os dados que usaremos para os cálculos dos ciclos:
– Prazo Médio de Estocagem (PME): 50 dias
– Prazo Médio de Contas a Receber (PMCR): 70 dias
– Prazo Médio de Pagamentos a Fornecedores (PMPF): 30 dias

1 – Ciclo Econômico: é o tempo em que a mercadoria fica parada no estoque e compreende desde a data da compra da mercadoria, até o dia da saída para venda, não levando em consideração o recebimento do dinheiro do cliente.
Ciclo Econômico = Prazo Médio de Estocagem (PME)
Ciclo Econômico = 50 dias

2 – Ciclo Operacional: tem início na data da compra da mercadoria e vai até o recebimento dos clientes. Se, por acaso, a empresa trabalhar apenas com vendas à vista, o ciclo operacional será igual ao o ciclo econômico.
Ciclo Operacional = Ciclo Econômico + Prazo Médio de Contas a Receber (PMCR)
Ciclo Operacional = 50 dias + 70 dias
Ciclo Operacional = 120 dias

3 – Ciclo Financeiro: esse ciclo compreende o período entre o pagamento a fornecedores e o recebimento das vendas. Quanto melhor for o relacionamento da sua empresa com seus fornecedores, maior é a possibilidade de redução do seu ciclo financeiro.
Ciclo Financeiro = Ciclo Operacional – Prazo Médio de Pagamento a Fornecedores (PMPF)
Ciclo Financeiro = 120 dias – 30 dias
Ciclo Financeiro = 90 dias

REFLEXÕES:

É de suma importância que as empresas sempre busquem reduzir os seus ciclos financeiros, tendo sempre como base as limitações que seu mercado as impõe e o seu setor econômico.
Quanto menores forem os ciclos, mais rápido será o giro dos negócios, acarretando maiores retornos sobre os investimentos. Para o exemplo hipotético que trouxemos, temos um ciclo financeiro de 90 dias, implicando que durante 1 ano (360 dias – Ano Comercial) a empresa gira 4 vezes. Vejamos que após o pagamento a fornecedores, a empresa usa seu capital para financiar suas atividades. Visualizemos então a diminuição do ciclo financeiro estendendo o pagamento a fornecedores do instante A para o instante B. Poderíamos também tomar outras atitudes como a antecipação das vendas e dos seus recebimentos.

Ciclo financeiro de 90 dias
Ciclo financeiro de 90 dias

 

Esperamos que estes conhecimentos possam apoiar no melhoramento da gestão do seu negócio. Sucesso.

COMPARTILHE:

4 respostas

  1. Obtemos boas práticas em tudo, quase sempre seguindo bons conceitos de ensinamentos importantes.

  2. Válida orientação !! Muitos empreendedores desconhecem destes conceitos e praticam de forma intuitiva !

  3. É um assunto de grande relevância para com a saúde financeira de uma empresa, para se manter sempre erguida e forte. Abordagem do assunto de uma forma simples e direta. Muito legal!

Mais Notícias
A tríade PPT (pessoas, processos e tecnologia) – Por Fabiano Mapurunga

A tríade PPT (pessoas, processos e tecnologia) – Por Fabiano Mapurunga

A Importância da Tríade PPT no Melhoramento Contínuo das Empresas Um dos muitos desafios diários que qualquer empresa enfrenta, é a busca pelo melhoramento da sua posição com relação aos

Necessidade de Capital de Giro – Como calcular e controlar as suas tomadas – Por Fabiano Mapurunga

Necessidade de Capital de Giro – Como calcular e controlar as suas tomadas – Por Fabiano Mapurunga

Muitas empresas enfrentam uma batalha diária para enfrentar os seus pagamentos, e essa batalha as comprime, muitas vezes, para contrair empréstimos de curto prazo, destinados a apagar seus “incêndios” temporários.

Controle do Fluxo de Caixa é um ponto fundamental na Gestão Financeira – por Fabiano Mapurunga

Controle do Fluxo de Caixa é um ponto fundamental na Gestão Financeira – por Fabiano Mapurunga

Em nossas vivências diárias com algumas empresas, independente do porte das mesmas, percebemos uma dificuldade que é uma intersecção entre quase todas: Administrar o seu Fluxo de Caixa de forma

O Planejamento Orçamentário e sua importância para a gestão da sua empresa – por Fabiano Mapurunga

O Planejamento Orçamentário e sua importância para a gestão da sua empresa – por Fabiano Mapurunga

As incertezas do mercado, cada vez mais exigem que as empresas tenham muito cuidado em cada movimento que tenham de fazer, pois as margens de lucro ficam cada vez menores,

Ciclos: Econômico, Operacional e Financeiro.  Qual a importância desses conceitos para sua empresa? – Por Fabiano Mapurunga

Ciclos: Econômico, Operacional e Financeiro. Qual a importância desses conceitos para sua empresa? – Por Fabiano Mapurunga

O controle dos ciclos econômico, operacional e financeiro de uma empresa objetivam ter a mensuração mais próxima sobre

Proteção Patrimonial e Planejamento Sucessário – por Fabiano Mapurunga

Proteção Patrimonial e Planejamento Sucessário – por Fabiano Mapurunga

Atualmente, muitas famílias estão procurando apoio de profissionais ligados à área jurídica e tributária, a fim de se fazer um planejamento sucessório para resguardar seu patrimônio. Esse movimento tem como