Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

CNJ quer automação do pagamento de benefícios do INSS determinados judicialmente

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) vão trabalhar em conjunto para que seja automatizada a implantação dos benefícios previdenciários determinada por decisões judiciais. O esforço conjunto busca agilizar o pagamento de benefícios, diminuir o tempo de tramitação dos processos e reduzir as multas devidas pelo INSS pela demora no cumprimento de ordens judiciais.

A utilização em maior escala da ferramenta eletrônica PrevJud, que já permite ao Judiciário o acesso imediato a informações previdenciárias, possibilitará o envio de ordens judiciais ao INSS para implementação imediata de mais benefícios. Hoje, apenas o benefício assistencial (BPC/LOAS) pode ter a concessão automatizada a partir de comando judicial, sendo implantado em menos de uma hora. O passo seguinte é aumentar a quantidade de tipos de benefícios previdenciários com possibilidade de implantação automática, como auxílios-doença e aposentadorias.

Em reunião na útima semana, o presidente do CNJ, ministro Luís Roberto Barroso, o ministro da Previdência, Carlos Lupi, o presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, e a procuradora-geral federal, Adriana Venturini, alinharam um plano de ação para viabilizar a iniciativa. Foram desenvolvidas para os sistemas eProc e PJe tabelas-formulário para inclusão de dados estruturados nas sentenças, os quais serão recepcionados pelo sistema do INSS, a fim de que a ordem judicial seja processada de forma automatizada.

A expectativa é que o Sistema de Benefícios (SiB), desenvolvido pelo INSS, esteja funcionando em junho para receber os dados enviados pelo Judiciário para os benefícios por incapacidade temporária (auxílio-doença). Em contrapartida, caberá ao CNJ divulgar o novo trâmite e estimular juízes e juízas a utilizarem o modelo padronizado. “Vamos trabalhar com a máxima diligência para que essa comunicação esteja padronizada e em uso por todos os tribunais”, frisou o presidente do CNJ.

Para o presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, após implementada, a automatização “vai trazer economia aos cofres públicos e mais celeridade para que os cidadãos recebam os recursos devidos”. Segundo a autarquia, nos últimos seis meses, o tempo médio de efetivação pelo INSS do pagamento de benefícios concedidos judicialmente foi de 26,6 dias.

Requisitos mínimos

Outra pauta da reunião foi o andamento do grupo de trabalho interinstitucional para a determinação de quesitos mínimos unificados para as perícias administrativas e judiciais dos benefícios por incapacidade, bem como para a adoção de laudo em formato eletrônico.

A expectativa é que o GT conclua os trabalhos até o final de abril, que a inserção no sistema ocorra em junho, e que no 2º semestre seja proposta a sua adoção obrigatória.

Desjudicializa Prev
A reunião também tratou da iniciativa “Desjudicializa Prev”, fruto de cooperação entre a Presidência do CNJ e a Corregedoria Nacional de Justiça com a Procuradoria-Geral Federal. O objetivo é a finalização de litígios previdenciários e assistenciais em curso em todos os graus de jurisdição em temáticas específicas, a serem previstas em portaria conjunta a ser assinada em breve.

(Agência CNJ)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
“O desaparecimento do povo e as novas caras da democracia”

“O desaparecimento do povo e as novas caras da democracia”

"Das lições distantes do 'direito natural' e do 'contrato social' extraíram-se, com a revolução francesa, conceitos e preceitos que definiam a extensão dos espaços do Estado e da sua força

PRF prende envolvido no 8 de janeiro que tentava fugir para Argentina

PRF prende envolvido no 8 de janeiro que tentava fugir para Argentina

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, no município de Naviraí (MS), um homem foragido e que, segundo a corporação, participou dos fatos ocorridos em 8 de janeiro de 2023, quando

Quatro feridos em desabamento no Vicente Pinzón

Quatro feridos em desabamento no Vicente Pinzón

Quatro pessoas ficaram feridas em um desabamento de alpendre no segundo andar de uma residência no bairro Vicente Pinzón, no início da tarde deste sábado (25). Entre os feridos estão

Morre Cláudia Veras, esposa do Raimundo dos Queijos

Morre Cláudia Veras, esposa do Raimundo dos Queijos

Morreu na noite dessa sexta-feira (24) a comerciante Cláudia Veras de Araújo, esposa do Raimundo dos Queijos, que possui duas lojas em Fortaleza, sendo o tradicional ponto no Centro. A

“O Clã Alexandrino Enlutado”

“O Clã Alexandrino Enlutado”

"Frei Hermínio nunca abandonou o navio de suas origens. Assim em 1958, na calamidade feroz, da seca, sua família partiu para Goiânia e depois na embrionária Brasília. Frei Hermínio ainda