Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Cruz Vermelha e Centro Cultural Bom Jardim lançam “É mais do que se vê” em Fortaleza

Banner do evento que será lançado na próxima terça-feira, no Cineteatro São Luiz.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e o Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ) vão lançar o evento “É mais do que se vê” no próximo dia 21, terça-feira, a partir das 18 horas, no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza.

No ato, haverá ainda o lançamento do documentário “É mais do que se vê: os impactos invisíveis da violência armada”, produzido pelo próprio Comitê Internacional da Cruz Vermelha. Também o curta-metragem ‘Uz Crias na Periferia’, realizado por jovens do CCBJ, resultado das Vivências em Comunicação e Princípios Humanitários (uma iniciativa entre o CCBJ e o CICV), além de uma roda de conversa com autoridades, pesquisadores, representantes do CICV e pessoas que contaram suas histórias no filme e apresentação do Ponto de Cultura Brincantes Sonoros em Giro Batuque.

Nessa roda de conversa vão estar o chefe da Delegação Regional do CICV, Alexandre Formisano, a secretária de Direitos Humanos do Ceará, Socorro França, a secretária de Cultura do Ceará, Luisa Cela, o secretário Municipal de Educação, Jefferson de Queiroz Maia, o coordenador do Laboratório de Estudos da Violência da Universidade Federal do Ceará, Luiz Fábio Silva Paiva, e Girliany Costa, mãe de Douglas, jovem que está desaparecido desde 2019.

É mais do que se vê

O que acontece quando uma pessoa desaparece, é forçada a se deslocar de sua comunidade, tem sua saúde mental abalada ou encontra dificuldades para acessar serviços públicos essenciais como unidades de saúde e escolas? O filme revela as consequências da violência armada a partir de seis histórias de vida e reúne especialistas e autoridades que abordam as ações em curso no Ceará para lidar com essa difícil realidade. (Duração: 54 minutos ).

Classificação indicativa: 14 anos.

Uz Crias na Periferia

Maria Clara é uma jovem negra, estudante do Ensino Médio e moradora do Bom Jardim, periferia de Fortaleza. Convive diariamente com o racismo. No enfrentamento diário dessa violência, Maria Clara, seu irmão Pedro e seus amigos provocam uma mudança na comunidade por meio da arte.

A produção Uz Crias na periferia é resultado de uma Vivência em Comunicação e Princípios Humanitários, a partir da metodologia educomunicativa sobre comunicação, audiovisual, direitos humanos e princípios humanitários. A formação é resultante da parceria entre o CCBJ e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. O processo foi realizado durante os meses de março a maio de 2024, conduzido pela equipe do NArTE e da Assessoria de Comunicação (ASCOM) do CCBJ e da Cruz Vermelha Internacional.

SERVIÇO

*Cineteatro São Luiz – Rua Major Facundo, 500 – Centro

*Entrada gratuita mediante apresentação de documento com foto.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano

Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano

A alta recente do dólar e o aumento das incertezas econômicas fizeram o Banco Central (BC) interromper o corte de juros iniciado há quase um ano. Por unanimidade, o Comitê

Após imposição do PL, Gomes de Matos deixa partido para apoiar Sarto

Após imposição do PL, Gomes de Matos deixa partido para apoiar Sarto

O ex-deputado federal Raimundo Gomes de Matos se desfiliou do Partido Liberal (PL), nesta quarta-feira (19), após imposição do PL para que o ex-parlamentar deixasse a direção da Fundação da

39% x 28% – Fortaleza tem favoritismo em sites de apostas diante do Grêmio

39% x 28% – Fortaleza tem favoritismo em sites de apostas diante do Grêmio

Na contramão das últimas apresentações do Fortaleza, quando a equipe soma três derrotas seguidas, sendo a última de forma humilhante, na goleada por 5 a 0 pelo Cuiabá, sites de

Comissão do Senado aprova texto da reforma do ensino médio

Comissão do Senado aprova texto da reforma do ensino médio

A Comissão de Educação e Cultura do Senado aprovou, em votação simbólica, o parecer favorável da relatora Dorinha Seabra (União-TO) ao projeto de lei que prevê uma nova reforma do

“José Martiniano de Alencar: filho de Bárbara, revolucionário e estadista”

“José Martiniano de Alencar: filho de Bárbara, revolucionário e estadista”

"José Martiniano de Alencar, preso por cerca de um ano em decorrência da participação na Confederação do Equador, foi absolvido, enquanto o sangue dos mártires (padre Mororó, Pessoa Anta, Ibiapina,

Prazo para pagar taxa de inscrição do Enem termina nesta quarta-feira

Prazo para pagar taxa de inscrição do Enem termina nesta quarta-feira

O prazo de pagamento da taxa de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 termina nesta quarta-feira (19). O valor de R$ 85 pode ser pago de