Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Educação pública no Ceará, durante Governo Tasso, é destaque em livro

A professora Lindalva Pereira destaca em livro a educação pública estadual, durante o governo Tasso

“Este não será apenas mais um livro. Será, por certo, o registro de uma história que fortaleceu o compromisso da gestão pública com a criança cearense”. A observação é da professora Lindalva Pereira Carmo, organizadora do livro “Educação no Ceará – Memórias de uma caminhada Coletiva (1995-2002). Editada pelo Instituto Queiroz Jereissati (IQJ), a obra integra a coleção “Memórias Ceará” e será lançada nesta quinta-feira (21), às 18 hptas, na Loja do Bem (Iguatemi Bosque).

Após transcorridos mais de vinte e cinco anos da execução desta Reforma Educacional, levada a efeito no Sistema de Ensino Público do Estado do Ceará, Lindalva reconheceu a necessidade de contribuir com a história da educação cearense. Dessa forma, construiu esta memória a partir de relatos daqueles que a protagonizaram, a exemplo do Secretário de Educação na época, Antenor Naspolini, diretores, coordenadores, professores e alunos.

“Foi um livro feito a várias mãos”, aponta.

Segundo a organizadora, que vivenciou este período como Coordenadora da Coordenadoria de Desenvolvimento Técnico-Pedagógico da Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Seduc), o principal objetivo do livro é “dar visibilidade ao esforço, zelo e compromisso despendidos por cada servidor da Secretaria de Educação do Estado, que embarcou nesta aventura de dedicação à construção de um serviço público de qualidade, pretendendo contribuir para uma possível melhoria do dia a dia de crianças e jovens que têm o direito de viver um presente digno, amealhando condições para o futuro promissor que lhe é devido”.

Entre importantes ações realizadas neste período estão: a substituição das antigas Delegacias Regionais de Ensino pelos 21 Centros Regionais de Desenvolvimento da Educação (CREDES), localizados em macrorregiões do Estado, cuja escolha de diretores é feita por seleção pública; eleições direta para diretores e coordenadores dos estabelecimentos da rede estadual de ensino e o Programa Escola Viva, iniciativa que aproximou alunos e seus familiares das escolas.

Esse programa, aliás, é destaque da publicação, sendo que um de seu alunos egressos, o artista visual Emanuel Souza da Silva, assina as ilustrações. “A Escola Viva abriu prédios escolares à comunidade, formou músicos, capoeiristas, bailarinas, programadores, artistas, e uma infinidade de talentos foram despertados a partir da exploração das possibilidades de diversificar o currículo na medida exata da diversidade das crianças”, reconhece, no prefácio, o professor Rui Aguiar, Chefe do Escritório do UNICEF em Fortaleza, com atuação nos estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte e professor Adjunto do Departamento de Estudos Especializados (FACED/UFC).

Ao analisar o período focado no livro, Rui Aguiar afirma que a “estruturação do Sistema de Acompanhamento Pedagógico (SAP) permitiu tanto a implantação dos Ciclos de Aprendizagem como as Estratégias de Aceleração que favoreceram a correção do fluxo escolar, a abertura das escolas para a comunidade e para o desejo de aprender das crianças e, ainda, contribuiu para a alfabetização na idade certa. Por trás de todas estas iniciativas, da Educação Infantil ao Ensino Médio, estava a concepção de Pedagogia Viva”.

Cenário da época

Com a boa aprovação desse seu primeiro mandato, Tasso Jereissati contribuiu para a eleição de Ciro Gomes, ao Governo do Ceará, nas eleições de 1990. E, em 1994, foi mais uma vez eleito Governador do Estado, em primeiro turno. Deu continuidade aos programas sociais implantados na primeira gestão, merecendo destaque a redução dos níveis de mortalidade infantil e o atendimento escolar de 98% das crianças, de 7 a 14 anos, ao final da sua terceira gestão.

Na avaliação da professora Lindalva, é preciso reconhecer que, em especial nos primeiros tempos do “Governo das Mudanças”, insatisfações crescentes de lideranças, acostumadas à manipulação solitária das benesses públicas, não foram suficientemente fortes para tolher o cumprimento do rigor estabelecido no novo fazer gerencial. Em consequência, a decisão de avançar na direção de fazer da criança a prioridade absoluta do governo, ganhou a confiança daqueles que, no serviço público, faziam desta causa a razão de ser do seu trabalho. E muitos outros vieram somar-se na realização dessa empreitada.

SERVIÇO

*Instituto Queiroz Jereissati (IQJ) – Coleção “Memórias Ceará” – 2024, 240p.

*Horário; 18 horas

*Loja do Bem (Iguatemi Bosque)

*Acesso gratuito

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Consultor de empresas lança “Empreendedorismo – Causos e Cases de Sucesso”

Consultor de empresas lança “Empreendedorismo – Causos e Cases de Sucesso”

O administrador Ernesto Antunes vai lançar dia 17 próximo, às 16h30, no auditório do Sebrae, em Fortaleza, o livro "Empreendedorismo - Causos e Cases de Sucesso". O livro e o

SSPDS terá concurso para delegados e Corpo de Bombeiros

SSPDS terá concurso para delegados e Corpo de Bombeiros

O governador Elmano de Freitas (PT) deverá lançar, no segundo semestre deste ano, mais um concurso público na área da Segurança Pública do Estado. A informação foi dadaao Blog do

Central sindical argentina anuncia greve geral contra governo Milei

Central sindical argentina anuncia greve geral contra governo Milei

A Confederação Geral do Trabalho (CGT), maior central sindical da Argentina, anunciou, nessa quinta-feira (11), uma greve geral contra o ajuste fiscal feito pelo presidente Javier Milei. A greve está

Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 56 milhões

Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 56 milhões

As seis dezenas do concurso 2.711 foram sorteadas na noite desta quinta-feira (11), no Espaço da Sorte, em São Paulo. O prêmio da faixa principal acumulou e a estimativa para

Funceme abre seleção para novos bolsistas

Funceme abre seleção para novos bolsistas

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) inscreve para o novo processo seletivo que oferecerá Bolsas de Transferência Tecnológica (BTT) no âmbito do Programa de Pesquisa em Ciências

Lira critica Padilha; ministro reage com vídeo de Lula

Lira critica Padilha; ministro reage com vídeo de Lula

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), criticou, nessa quinta-feira (11), o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha. Lira disse que Padilha é um “desafeto pessoal” e “incompetente”.