Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais um episódio de naturalização do racismo no futebol brasileiro – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Divulgação
Legenda: Jogo que classificou o Bahia terminou em confusão no Estádio de Pituaçu, em Salvador
Crédito: Divulgação Legenda: Jogo que classificou o Bahia terminou em confusão no Estádio de Pituaçu, em Salvador

Mais uma denúncia de desrespeito contra o ser humano envolveu o futebol brasileiro. Desta vez o episódio se deu no futebol feminino, na partida que marcou o retorno do Bahia à primeira divisão do Campeonato Brasileiro Feminino de futebol, realizada segunda-feira (8/7). O jogo, realizado no Estádio de Pituaçu, em Salvador, terminou em 0 a 0 e com a prisão do técnico do JC Futebol Clube, do Amazonas, Hugo Duarte, sob acusação de racismo. Segundo a zagueira Suellen Santos, do time baiano, ela teria sido chamada de “macaca” por Duarte. Acionada, a Polícia Militar conduziu o técnico do JC à uma delegacia.

Lamentável mais esse episódio em nosso futebol, e justamente atingindo uma jogadora do Bahia, time que este ano mesmo promoveu campanha nas redes sociais incentivando a denúncia contra a violência de gênero. A equipe baiana se manifestou, por meio de nota, e classificou o caso como um “episódio lamentável”. Já a atleta usou também as redes: “A naturalização que se foi proferida mais de uma vez pela expressão racista ‘macaca’ tenta silenciar a minha figura como mulher preta no esporte, porém o ato denúncia é a arma que tenho para combater o racista”.

Larissa dos Santos vence etapa de Baia Formosa do CBSurf Taça Brasil

Crédito: Alexandre Gondim / CBSurf
Legenda: Larissa, que é a 23ª do ranking, venceu na final a sexta do ranking, Natalie Martins (PR)
Crédito: Alexandre Gondim / CBSurf Legenda: Larissa, que é a 23ª do ranking, venceu na final a sexta do ranking, Natalie Martins (PR)

A cearense Larissa dos Santos foi a grande vencedora da etapa Pena Pro Baía Formosa 2024 do CBSurf Taça Brasil 10000, realizado em Baia Formosa, no Rio Grande do Norte. O evento foi iniciado no dia 1º e encerrado domingo (7), com a etapa valendo dez mil pontos do circuito de acesso à primeira divisão do circuito brasileiro. Nos seis dias desde que o evento começou, recordes foram batidos, notas foram trocadas por melhores e favoritos foram superados. 

Além de Larissa, outra cearense, Silvana Lima, chegou até a semifinal, mas as duas acabaram se enfrentando e Larissa levou a melhor. Na segunda semifinal, Natalie Martins (PR), a sexta do ranking, venceu Kemily Sampaio (SP) que chegou a esta fase eliminando a segunda colocada no circuito Julia Duarte(RJ). Silvana é atualmente a primeira do ranking e Larissa ocupa a 23ª posição. No masculino, o cearense melhor colocado foi Rafael Venuto, que acabou caindo na semifinal para o potiguar Adauto Sena. A terceira do CBSurf Taça Brasil 10000 acontece de 5 a 8 de agosto em Matinhos (PR). 

Ana Marcela recupera a boa fase e já aparece como favorita

Crédito: Divulgação
Legenda: Ana Marcela já é vista como uma das favoritas para a conquista do “bi-ouro” olímpico
Crédito: Divulgação Legenda: Ana Marcela já é vista como uma das favoritas para a conquista do “bi-ouro” olímpico

Após uma grave lesão no ombro que quase a fez desistir de competir, a baiana Ana Marcela Cunha, medalhista olímpica em Tóquio na maratona aquática, chega aos jogos olímpicos de Paris como uma das favoritas para repetir o feito do Japão e ganhar seu segundo ouro olímpico. A avaliação de pessoas ligadas a modalidade, é que a fase ruim passou e ela se encontra em um momento de alta que teve início quando foi treinar na Itália com Fabrizio Antonelli, desfazendo parceria de 10 anos com seu antigo treinador, Fernando Possenti. O fato é que em maio último, Ana Marcela, na última etapa do circuito mundial antes dos Jogos Olímpicos, em Golfo Aranci, na Itália, venceu e ainda por cima, fazendo dobradinha com outra brasileira, Viviane Jungblut, que também estará em Paris nas disputas que acontecerão no Rio Sena.

Shakira fará show no encerramento da Copa América USA 2024

Crédito: Divulgação CONMEBOL Copa América
Legenda: Ao torcedor brasileiro restou na final se contentar em assistir ao show de Shakira
Crédito: Divulgação CONMEBOL Copa América Legenda: Ao torcedor brasileiro restou na final se contentar em assistir ao show de Shakira

Sem o Brasil na final e ainda tendo que ver nossos principais rivais disputando o título, restou ao torcedor brasileiro que pretende ver a final sem torcer por ninguém, se contentar com o show de Shakira. A artista internacional estará presente na final da Copa América 2024, que está marcada para domingo, 14 de julho, no Hard Rock Stadium em Miami, Flórida, às 20:00 horas (horário local). A CONMEBOL confirmou que a artista vencedora do Grammy se apresentará pela primeira vez na história da CONMEBOL Copa América. Ela será a primeira atração musical durante o intervalo da final. 

A final da Copa América USA 2024 já tem mais de 54 mil torcedores conformados até o momento e após o sucesso de seu novo álbum “Las Mujeres Ya No Lloran”, um dos mais ouvidos do ano, Shakira iniciará sua tão aguardada turnê mundial com 17 shows pelos Estados Unidos, começando em 2 de novembro em Palm Desert, CA. Ela vendeu mais de 95 milhões de discos em todo o mundo e foi premiada com três Grammys, doze Latin Grammys e inúmeros prêmios World Music, American Music e Billboard, entre outros, sendo a artista feminina latina mais vista e uma das dez artistas mais populares na história do YouTube, com mais de 27 bilhões de visualizações acumuladas. No Spotify, é a artista feminina latina mais ouvida de todos os tempos.

Agosto reserva a bela experiência da Meia Maratona de Buenos Aires

Crédito: Reprodução
Legenda: O trajeto oferece um tour pelas principais atrações da capital argentina
Crédito: Reprodução Legenda: O trajeto oferece um tour pelas principais atrações da capital argentina

É fato que a Argentina atravessa um momento político conturbado com um presidente digamos, meio estranho, mas também é impossível não reconhecer que a Meia Maratona de Buenos Aires, marcada para 25 de agosto, é uma das mais interesses para quem é adepto do turismo de corridas, sem falar que atrai um grande número de corredores do Brasil. Para quem nunca foi, a prova é, sem dúvida, a mais popular prova de 21k da América Latina, misturando o charme europeu com a simpatia latina.

Aos que vão em busca de paces, o circuito, plano e rápido, é perfeito para superar recordes. O trajeto, por sua vez, oferece um verdadeiro tour pela cidade, passando por pontos como Teatro Cólon, Plaza de Mayo, Obelisco, Planetário e Bosques de Palermo. Além disso, diferente de alguns percursos do Brasil, o corredor conta com o apoio eufórico dos argentinos. A capital argentina é também a cidade no exterior mais visitadas pelos brasileiros, graças a proximidade, oferta de voos e os atrativos locais que por sua arquitetura. Mais informações https://www.maratondebuenosaires.com/medio-maraton-de-buenos-aires-21k.html

Ceará se despede do Campeonato Brasileiro de Futsal  com campanha melancólica

Crédito: Eduardo Ferreira - Imprensa CBFS 
Legenda:  Partida entre Ceará e Sport foi eletrizante com o placar encerrado em 4x4
Crédito: Eduardo Ferreira – Imprensa CBFS Legenda: Partida entre Ceará e Sport foi eletrizante com o placar encerrado em 4×4

O elenco de futebol de salão masculino adulto do Ceará encerra a sua participação no Campeonato Brasileiro de Futsal nesta sexta-feira, enfrentando o Apodi Futsal/RN pela nona rodada da primeira fase da competição. O time não esteve bem na disputa e só conquistou um ponto dos 24 disputados até agora. A partida diante da equipe potiguar acontece às 20 horas, no Ginásio Vilson Custódio, em Apodi. Na última partida do Ceará, em um duelo entre duas forças nordestinas, o time cearense empatou com o Sport Recife em 4 a 4 no Geraldão. Para o Ceará, o empate significou seu primeiro ponto no campeonato. Infelizmente, com o resultado, não há mais chances de seguir para a próxima etapa do Brasileiro de Futsal.

COMPARTILHE:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias
Mais um episódio de naturalização do racismo no futebol brasileiro – por Luiz Henrique Campos

Mais um episódio de naturalização do racismo no futebol brasileiro – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Divulgação Legenda: Jogo que classificou o Bahia terminou em confusão no Estádio de Pituaçu, em Salvador Mais uma denúncia de desrespeito contra o ser humano envolveu o futebol brasileiro.

Paramos no tempo ou o tempo não para e eles não sabem? – Por Luiz Henrique Campos

Paramos no tempo ou o tempo não para e eles não sabem? – Por Luiz Henrique Campos

A seleção brasileira de futebol volta a campo neste sábado pelas quartas de final da Copa América para pegar o Uruguai e já há quem considere o time brasileiro como

Será que o problema do Ceará era o treinador? – por Luiz Henrique

Será que o problema do Ceará era o treinador? – por Luiz Henrique

Ceará vence Ituano por 4×2 e destaca espírito competitivo após a saída de Mancini. Fortaleza busca gols incessantemente. Surf brasileiro sem nordestinos em Paris 2024. Ciclistas querem área de proteção na Sabiaguaba

Produto seleção brasileira virou prato desinteressante, insosso e frio – por Luiz Henrique Campos

Produto seleção brasileira virou prato desinteressante, insosso e frio – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Agência Brasil Legenda: Dois jogos na mesma semana e pouco interesse do brasileiro A seleção brasileira de futebol joga na sexta-feira a sua segunda partida na Copa América 2024,

Matrix Energia é a nova patrocinadora do Ceará SC – por Luiz Henrique Campos

Matrix Energia é a nova patrocinadora do Ceará SC – por Luiz Henrique Campos

Crédito: Divulgação/Ceará SC Legenda: A Matrix atua no mercado livre para alta e baixa tensão e em soluções para armazenamento e eficiência energética Em meio a maré baixa pela qual

Ceará rumo a uma tempestade com crise dentro e fora de campo – Por Luiz Henrique Campos

Ceará rumo a uma tempestade com crise dentro e fora de campo – Por Luiz Henrique Campos

Crédito: Gledson Jorge/Ceará SC Legenda: Conselho Deliberativo alvinegro rejeitou a proposta de mudança do estatuto aumentando a crise que ameaça o ano do clube Não é bom o que está