Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“Narcotráfico: Equador vive domínio do crime organizado e o governo local se perde nas estratégias”

Fábio Tajra é jornalista

Em artigo sobre a situação política do Equador, o jornalista Fábio Tajra aponta que “O aterrorizante avançar do crime causa uma lesão social grave, inviabilizando a presença pública, diminuindo os espaços entre a população e os serviços essenciais, enfraquecendo a democracia”.

Confira:

Um fato triste vem atormentando a sociedade equatoriana: o domínio incondicional e incontestável dos operadores do crime organizado e dos narcotraficantes.

Realmente incomoda muito a quem observa o arrego vivido pelos que fazem o governo do Equador, perante o latente avanço do poder paralelo, que com suas teias maléficas e organizacionais, mapeiam e dominam o país trazendo terror e sensação de submissão ao povo que ali reside.

O aterrorizante avançar do crime causa uma lesão social grave, inviabilizando a presença pública, diminuindo os espaços entre a população e os serviços essenciais, enfraquecendo a democracia e demonstrando uma realidade que parece inviolável [o puro, irrestrito e demolidor poder criminoso].

É calamitosa a situação equatoriana o que leva o chefe de estado a promover mudanças de estratégias de segurança emergenciais, muitas vezes ineficazes e desastrosas, tudo por conta da inviabilidade operacional incapaz de estancar na raiz, em tempo real, as investidas das forças paralelas que, diga-se de passagem recentemente receberam apoio volumoso da temida Farc, um verdadeiro complexo logístico de insegurança e comércio de drogas, armas e demais ações irregularidades.

Na essência:

O crime organizado não age de maneira explosiva e nem na surpresa, as organizações dão sinas de atuações, um fato incontestável.

Os governos falham exatamente na incapacidade de monitoramento em tempo real, pecam de forma assustadora no desenvolvimento de estratégias de concepção de territórios, no vasculhamento da malha criminal, dados obtidos pela inteligência policial.

Os comandos de segurança pública, independente de onde estejam localizados, possuem estruturas logísticas e funcionais que elaboram com detalhes as ações do crime organizado.

A grande e derradeira questão é: quais os motivo quem impedem o trabalho de inteligência nas estruturas de segurança pública? O que falta para a estruturação eficaz de uma vigilância que garanta a segurança do cidadão comum e do estancamento das ações do crime organizado?

*Fábio Tajra

Jornalista e consultor em Políticas Públicas
@fabiotajraoficial

COMPARTILHE:

2 respostas

  1. Parabens, Fábio Tájra, jornalista e consultor político, você conseguiu descrever, de forma intelegível a situação política envolta no Equador. A situação equatoriano, respingagará, ceetamente, em outros países, inclusive, BRASIL.

Mais Notícias
“Tudo Passará” – Nelson Ned

“Tudo Passará” – Nelson Ned

Homenagem do Blog ao cantor e compositor mineiro Nelson Ned, que neste sábado faria 77 anos.

Ferrão é semifinalista do Estadual ao marcar 3 a 1 no Iguatu

Ferrão é semifinalista do Estadual ao marcar 3 a 1 no Iguatu

O Ferroviário garantiu vaga nas semifinais do Estadual, na noite deste sábado (2), no estádio Morenão, ao derrotar o Iguatu, por 3 a 1, com gols de Vinicius Alves, nos

Detran/CE fica sem atendimento na segunda-feira pela manhã, diz Sindetran

Detran/CE fica sem atendimento na segunda-feira pela manhã, diz Sindetran

O Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Estado do Ceará (Sindetran-CE) realiza na segunda-feira (4), a partir das 8 horas, na unidade do Detran/CE da Maraponga, uma manifestação

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação

A decisão do presidente argentino Javier Milei de encerrar as atividades da Agência de Notícias pública Télam, que foi fundada em 1945, deve gerar impactos ao direito à informação por

Pedetistas voltam a se enfrentar, dessa vez por liderança na Alece

Pedetistas voltam a se enfrentar, dessa vez por liderança na Alece

Quase dois anos do racha entre pedetistas no Ceará, uma nova disputa interna teve início nesta semana, após o ex-pedetista Evandro Leitão (PT), presidente da Assembleia Legislativa (Alece), confirmar a

Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito

Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito

O Ministério da Saúde realiza neste sábado (2), em todo o país, o Dia D de Mobilização contra a Dengue. O objetivo do evento, denominado Brasil unido contra a dengue,