Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“O STF e a Descriminalização da Maconha”

Irapuan Diniz Aguiar é advogado

Com o título “O STF e a Descriminalização da Maconha”, eis artigo de Irapuan Diniz de Aguiar, advogado e professor. Ele aborda tema dos mais polêmicos que será julgado pela mais alta corte do País. 

Confira:

A existência, na atualidade, da predominância de uma tendência da inversão de valores, em que a minoria socialmente perniciosa é posta em situação de privilegio para desconstituir os
sentimentos da maioria, é fato que se observa no dia-a-dia chancelado, agora, pela mais alta Corte de Justiça do país. Assim é que, nesse contexto, tem-se a contribuição do Supremo Tribunal
Federal para tal desvio da vida social, ao decidir sobre a inconstitucionalidade da ordem legal que criminaliza o porte de drogas em pequena quantidade. Em primeiro lugar, será sempre
gerador de injustiças, deixar-se, em aberto, o que se configura “pequena quantidade” da droga portada, recomendando-se, pois, manter-se apenas a situação de consumo, como excluída de
criminalidade, já que o viciado é um doente.

Não deve ser esquecido, contudo, que doente pode ser agente de qualquer crime, e, também, instrumento de sua prática por utilização e/ou associação com criminosos de plena saúde. Será
razoável que a excludente da punibilidade do crime de tráfico de drogas seja avaliada em cada caso, não apenas pela quantidade ou pela circunstância do vício, mas, pela potencial situação de
distribuição da droga. Por certo, o chamado princípio da insignificância não pode ter aplicação no crime do tráfico de droga, eis que imensurável os efeitos de dano social em face da menor distribuição ou mesmo compartilhamento que se faça da droga portada sob pretexto de consumo.

Conferir, portanto, à pequena quantidade de droga portada a condição de exclusão do crime vai contra a lógica da vida social, na qual, todo e qualquer comércio, tráfico, distribuição, pode ter
pequena ou grande expressão, ou seja, realizar-se no varejo ou em atacado. Na verdade, a decisão do STF faz parte de um movimento mundial cuja articulação pode trazer efeitos deletérios para a saúde pública com diretos reflexos sobre a atuação do crime organizado.

Cumpre lembrar que o uso de drogas não é um direito individual, pois afeta o coletivo. Na maioria dos casos a família é diretamente afetada quando há situações de dependência. Outro aspecto a considerar na despropositada medida é o de que o Brasil que já tem dificuldades para controlar e fiscalizar drogas legais, como o álcool e remédios, não teria como regulamentar e fiscalizar os mercados de drogas ilícitas.

Pensar não ofende!

*Irapuan Diniz de Aguiar,

Advogado e professor.

COMPARTILHE:

Uma resposta

  1. Fui e sempre serei contra a liberação da maconha ou qualquer outra droga.

Mais Notícias
16º TCE Debate aborda nesta quinta-feira o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”

16º TCE Debate aborda nesta quinta-feira o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”

Com o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) realiza nesta quinta-feira (25) a partir das 10 horas, no Plenário do Tribunal de Contas

Banho de lua pode desenvolver câncer, indica pesquisa da UFC

Banho de lua pode desenvolver câncer, indica pesquisa da UFC

Uma pesquisa realizada no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas da Universidade Federal do Ceará faz um alerta importante a todas as pessoas que costumam realizar banho de

MDB confirma sábado a chapa Delma Ferreira/Igor Ciriaco à Prefeitura de Fortim

MDB confirma sábado a chapa Delma Ferreira/Igor Ciriaco à Prefeitura de Fortim

A advogada Delma Ferreira deverá ser confirmada candidata à Prefeitura de Fortim, município do Litoral Leste do Ceará, em convenção partidária do MDB no sábado (27), a partir das 17

Fortaleza poderá igualar hoje recorde na temporada de Botafogo e Palmeiras, diante do Criciúma

Fortaleza poderá igualar hoje recorde na temporada de Botafogo e Palmeiras, diante do Criciúma

O Fortaleza poderá igualar o recorde de vitórias na temporada de Botafogo e Palmeiras, na noite desta quarta-feira (24), a partir das 19 horas, no estádio Heriberto Hulse, contra o

“Uma universidade respeitada pelo mérito”

“Uma universidade respeitada pelo mérito”

"Como as profissões refletem de um modo geral demandas específicas do mercado de trabalho e da economia, podem alterar o seu perfil para adaptar-se às novas necessidades da produção e

Citinova lança edital para projetos de inovação

Citinova lança edital para projetos de inovação

A Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), órgão da Prefeitura de Fortaleza, lançou edital de chamamento público Sandbox Regulatório nº 001/2024. O objetivo é convidar empresas a