Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

“Perdão”, a crônica

Totonho Laprovítera é arquiteto e escritor. Foto: Reprodução

Com o título “Perdão”, eis uma crônica de Totonho Laprovitera, arquiteto, escritor e artista plástico.

Confira:

“Perdão foi feito pra gente pedir.” (Mário Lago)

“O rancor é um veneno que a gente toma querendo que o outro morra”, escreveu Shakespeare em Hamlet. Para mim, a lição dessa histó ria é: ame, liberte-se e viva plenamente. Como sequela do medo, o ó dio é a completa ausência de amor. Ao nos fecharmos para o amor, experimentamos uma mı́ngua em nossa essência, pois a natureza humana é intrinsecamente amorosa.

Lembro-me das sábias palavras da minha tia Lygia, quando costumava dizer que, em uma briga, quem guardava raiva no coraçã o perdia. Pois é, o verdadeiro prejuı́zo em um conMlito nã o está na dor fı́sica, mas sim na carga emocional negativa de quem a carrega. Portanto, para perdoar, sabemos o quanto é importante compreender os motivos por trás das açõ es da outra pessoa, sem necessariamente concordar com elas. Reconhecer e expressar nossos pró prios sentimentos também é essencial. O perdão pode levar tempo, entã o, é importante sermos gentis e pacientes conosco mesmo durante esse processo.

Assim, essa lição me ensinou a importância de deixar a raiva de lado para preservar nossa paz interior e felicidade.

Pois bem. Era uma vez um reino onde a paz imperava entre os viventes da mata cerrada do Maciço de Baturité. Certo dia, um pássaro encarnado, de nome Guaramiranga, discutiu feio com sua amiga borboleta e Micou tã o magoado, chega voou para bem longe, deixando-a triste e arrependida.

Passaram-se os dias, e Guaramiranga continuava ressentido. De um lado para o outro, voava solitário, remoendo a emboança e o desgosto que pesava em seu coração. Até que um dia topou com uma centenária Gameleira em seu caminho que, sabiamente, disse-lhe: “Carregar mágoa é como carregar uma pedra em suas asas. Preso ao passado, você não pode voar livremente. Perdoar é libertar-se.”

Guaramiranga matutou sobre as palavras da velha á rvore e decidiu perdoar a borboleta. Voltou à mata e achou sua amiga. Emocionada, ela pediu desculpas e explicou que nã o queria magoá-lo. Ele, com o coraçã o leve, aceitou suas desculpas e os dois se abraçaram.

Desde então, o pequeno pássaro encarnado e a borboleta enxergaram no perdão um ato de libertação. Eles viveram em paz, voando juntos e compartilhando a beleza da verdadeira amizade. E assim, o reino dos bichos continuou a florescer, lembrando a todos que o perdão é a chave para a harmonia e a felicidade.

No mais, a quem interessar possa, em tupi, “Guaramiranga” significa Pássaro
Vermelho. É, também, o menor municı́pio do Estado do Ceará.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
“Não aprendi dizer adeus” – Leandro e Leonardo

“Não aprendi dizer adeus” – Leandro e Leonardo

https://www.youtube.com/watch?v=iwxeWtdTGyQ Homenagem do Blogdoeliomar ao cantor e compositor goiano Luiz José Costa, o Leandro, que neste domingo deixa 26 anos de saudade.

Floresta interrompe arrancada e pode voltar à zona de rebaixamento no complemento da rodada da Série C

Floresta interrompe arrancada e pode voltar à zona de rebaixamento no complemento da rodada da Série C

Após duas rodadas com vitórias, o Floresta voltou a ser derrotado pela Série C do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (22), quando foi superado pelo Tombense, por 3 a

TJCE tem Câmaras de Direito Público e parte criminal avaliadas como “excelente” pelo CNJ

TJCE tem Câmaras de Direito Público e parte criminal avaliadas como “excelente” pelo CNJ

“Muito me orgulho deste Tribunal. Vivi várias fases dele, estamos conscientes e tranquilos que ele vem melhorando ano após ano. Nós continuamos à disposição, abertos a críticas e sugestões, que

Loterias Online da Caixa têm instabilidade em dia da Quina de São João

Loterias Online da Caixa têm instabilidade em dia da Quina de São João

Os sistemas de apostas online das loterias da Caixa Econômica Federal apresentaram instabilidade na manhã deste sábado (22), com a indisponibilidade para apostas em diversas modalidades, entre elas a Quina

“O terror das facções armadas no Ceará”

“O terror das facções armadas no Ceará”

"Facções armadas espalham medo e violência, revelando falhas na segurança pública e necessidade de ação urgente no Ceará", aponta o ex-superintendente da Polícia Civil do Ceará, César Wagner. Confira: O

Salmito prega união das pessoas com espírito público contra crime organizado no Ceará

Salmito prega união das pessoas com espírito público contra crime organizado no Ceará

O deputado estadual e sociólogo Salmito utilizou as redes sociais neste sábado (22) para sugerir a união das pessoas com espírito público para o combate ao crime organizado no Ceará.