Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Pessoas trans ganham isenção na emissão da carteira de identidade

Renato Roseno puxa a sessão solene.. Foto; ALCE

O deputado estadual Renato Roseno (Psol) conseguir ver aprovado mais um projeto seu de grande impacto para segmento alvo de discriminação.

A Assembleia Legislativa aprovou uma emenda de autoria dele isentando pessoas transgênero na primeira emissão da carteira de identidade que retifica seu nome e/ou gênero. A iniciativa altera a Lei 15.838, de 27 de julho de 2015, que dispõe sobre a taxa de fiscalização e prestação de serviço público no Ceará.

A proposição foi feita a partir da Mensagem 131/2023 do governador Elmano de Freitas que implementa a nova carteira de identidade no Estado, que já está em vigor em algumas partes do país. O novo modelo de documento que será válido em todo território nacional, onde a identificação será única, por meio do CPF. Nele, haverá apenas um campo para nome, sem distinção entre nome de registro civil e nome social, não indicando o sexo da pessoa.

A nova identidade continuará sendo emitida em cédula de papel, mas também pode ser feita em formato de cartão, como já acontece em alguns estados, ficando a critério do cidadão. O projeto do Poder Executivo, contudo, estabelece que a emissão do documento será feita mediante o pagamento de R$68.

A proposta de Roseno incluiu na isenção as pessoas trans na emissão da carteira de identidade com seu nome e/ou gênero retificados. Atualmente, o dispositivo também dispensa o pagamento de pessoas de baixa renda inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico); cidadãos vítimas de roubo, desde que comprovem com boletim de ocorrência; pessoas que estão em gozo do seguro-desemprego; população em situação de rua; e pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, desde que referenciadas pela rede socioassistencial.

“Não se trata apenas de isenção. Iisso visa assegurar a dignidade da pessoa humana. Para a população trans, na realidade, a proposta contempla uma peculiar situação em que, pela primeira vez, o indivíduo terá garantido um documento de identidade com o nome e/ou gênero com o qual se identifica, como ocorre em um documento de 1ª via”, justifica o parlamentar.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
16º TCE Debate aborda nesta quinta-feira o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”

16º TCE Debate aborda nesta quinta-feira o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”

Com o tema “Hidrogênio Verde: desafios e perspectivas”, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) realiza nesta quinta-feira (25) a partir das 10 horas, no Plenário do Tribunal de Contas

Banho de lua pode desenvolver câncer, indica pesquisa da UFC

Banho de lua pode desenvolver câncer, indica pesquisa da UFC

Uma pesquisa realizada no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas da Universidade Federal do Ceará faz um alerta importante a todas as pessoas que costumam realizar banho de

Fortaleza poderá igualar hoje recorde na temporada de Botafogo e Palmeiras, diante do Criciúma

Fortaleza poderá igualar hoje recorde na temporada de Botafogo e Palmeiras, diante do Criciúma

O Fortaleza poderá igualar o recorde de vitórias na temporada de Botafogo e Palmeiras, na noite desta quarta-feira (24), a partir das 19 horas, no estádio Heriberto Hulse, contra o

“Uma universidade respeitada pelo mérito”

“Uma universidade respeitada pelo mérito”

"Como as profissões refletem de um modo geral demandas específicas do mercado de trabalho e da economia, podem alterar o seu perfil para adaptar-se às novas necessidades da produção e

Citinova lança edital para projetos de inovação

Citinova lança edital para projetos de inovação

A Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), órgão da Prefeitura de Fortaleza, lançou edital de chamamento público Sandbox Regulatório nº 001/2024. O objetivo é convidar empresas a

Fetrans promove seminário em Fortaleza

Fetrans promove seminário em Fortaleza

Fortaleza será sede da quarta edição de 2024 do Seminário Itinerante promovido pela FETRANSLOG-NE – Federação das Empresas de Transporte de Cargas e Logística do Nordeste, pelo SETCARCE – Sindicato