Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Projeto que busca garantir acesso da população às praias está na pauta da CDR

Janaína Farias é a relatora. Foto: Paulo MOska

A construção de empreendimentos residenciais e hoteleiros à beira-mar tem dificultado ou até bloqueado o acesso da população às praias. Um projeto de lei que está na pauta da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) prevê a garantia de acesso público às praias e ao mar em todo o Brasil. 

Esse projeto (PL 775/2022), do senador Rogério Carvalho (PT-SE), é um dos quatro itens da pauta da CDR para a terça-feira (9), na reunião que se inicia às 9h30. O texto já recebeu parecer favorável em outro colegiado do Senado: a Comissão de Meio Ambiente (CMA).

Para a relatora do projeto, senadora Janaína Farias (PT-CE), a proposta contribui para garantir o livre acesso livre da população aos bens de uso comum, conforme determina a legislação.

“Em que pese o Código Civil e o Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro definirem as praias como bens de uso comum do povo, de livre e franco acesso, em qualquer direção e sentido, a construção de empreendimentos residenciais ou hoteleiros nas adjacências da faixa de areia tem dificultado o acesso da população às praias”, afirma a senadora. 

Loteamentos
Janaína Farias apresentou um substitutivo sugerindo algumas melhorias no texto, como, por exemplo, a exigência de que os loteamentos ofereçam acesso às praias, ao mar, aos rios e aos corpos d’água. Segundo a proposta, passagens por dentro de condomínios e resorts a cada quilômetro possibilitariam o acesso da população às praias e aos demais corpos d’água, localizados em áreas urbanizadas ou não.

O substitutivo aprovado na CMA (onde a matéria tramitou antes de chegar à CDR) propôs algumas adaptações, como a aplicação das regras apenas aos municípios que já assinaram termo de adesão com a União para a gestão de orlas e praias.

Outros projetos
Outro projeto de lei na pauta da CDR é o PL 479/2024, que cria um novo programa para a reestruturação da região cacaueira da Bahia (Renova Cacau), revendo as dívidas e as operações de crédito rural em vigor.

Os demais itens da pauta são dois requerimentos: o REQ 13/2024-CDR pede informações ao ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, sobre denúncia de garimpeiros de Serra Pelada; e o REQ 14/2024-CDR solicita que o ministro de Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, seja convidado pela comissão para explicar a reestruturação da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

(Agência Senado)

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Fortaleza receberá o espetáculo “Elis, o Musical”

Fortaleza receberá o espetáculo “Elis, o Musical”

o espetáculo ‘Elis, A Musical’ poderá ser visto no período de 13 a 15 de setembro deste ano, no Cineteatro São Luiz. Desde a estreia, em 2013, o musical alcançou

Estudo vê chance de recuperação de meio milhão de hectares de caatinga

Estudo vê chance de recuperação de meio milhão de hectares de caatinga

Um levantamento feito pela fundação holandesa IDH, com apoio do instituto de pesquisa WRI Brasil, mostra que há, pelo menos, meio milhão de hectares de caatinga com potencial de restauração.

Eduardo Girão pode ter uma mulher na vice

Eduardo Girão pode ter uma mulher na vice

O pré-candidato a prefeito de Fortaleza pelo Novo, senador Eduardo Girão, confirma para 3 de agosto, a partir das 9 horas, no Hotel Mareiro, na Avenida Beira, a convenção que

Pesquisadora brasileira vai presidir sociedade internacional de aids

Pesquisadora brasileira vai presidir sociedade internacional de aids

A infectologista e pesquisadora brasileira Beatriz Grinsztejn será a primeira mulher latino-americana a exercer a presidência da International Aids Society (IAS), organismo internacional que reúne profissionais que trabalham com a

Ex-tucano coordena plano de gestão de Capitão Wagner; convenção será dia 3

Ex-tucano coordena plano de gestão de Capitão Wagner; convenção será dia 3

O pré-candidato a prefeito pelo União Brasil, Capitão Wagner, definiu o ex-deputado estadual Carlos Matos como coordenador do seu plano de governo. Caberá ao ex-parlamentar, que já foi do PSDB,