Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Termina sexta-feira o prazo para entrega da declaração de rendimentos do MEI

Hora de aprender para empreender.Foto:Divulgação

Microempreendedores individuais de todo o Brasil tem até o dia 31 próximo para entregar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI) referente ao ano de 2023. A entrega é obrigação e responsabilidade de todos os empreendedores que se enquadram no MEI, mesmo que não tenham tido faturamento no ano de passado.

Já para os microempreendedores individuais estabelecidos no Estado do Rio Grande do Sul o prazo foi prorrogado para o dia 31 de julho, conforme decisão do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN), do dia 10 de maio.

Para o analista da Unidade de Gestão do Relacionamento com o Cliente do Sebrae/CE, Alan Girão, os últimos dias da declaração anual são um encerramento de uma etapa anual que é importante na gestão tributária do empreendedor individual. “Com a declaração corretamente preenchida e informado, o MEI possui um comprovante que pode ser utilizado na declaração de imposto de renda de pessoa física, no caso daqueles que estejam aptos a declarar”.

Além disso, de acordo com Alan, a declaração também funciona como um comprovante de renda que poderá ser utilizado pelo MEI na hora de buscar crédito em instituições financeiras. “A entrega da DAS garante ainda que o CNPJ da empresa se mantenha em situação ativa, evitando bloqueios na emissão dos boletos de pagamento mensal e emissões de notas fiscais”.

A DASN-SIMEI é realizada de maneira simples e rápida no Portal do Empreendedor. Saiba o passo a passo:

1- Para entregar essa declaração, o contribuinte precisa informar o CNPJ da empresa e os caracteres alfanuméricos.

2 – Em seguida, ele deve informar o valor total da receita bruta recebida em 2023; bem como os valores referentes às atividades desenvolvidas de comércio, indústria e os serviços de transporte intermunicipal e interestadual.

3- Se a declaração não for entregue dentro do prazo, o MEI estará sujeito a multa de 2% por mês de atraso, com um limite de 20% sobre o valor total dos tributos declarados ou, no mínimo, R$ 50.

4 – Além da multa, a inadimplência pode impedir o MEI de acessar benefícios previdenciários, como aposentadoria, auxílio-doença e licença-maternidade, e ter o CNPJ suspenso ou cancelado.

SERVIÇO

*Para informações sobre o preenchimento da declaração, acesse o Manual da DASN Simei aqui.

COMPARTILHE:
Mais Notícias
Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano

Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano

A alta recente do dólar e o aumento das incertezas econômicas fizeram o Banco Central (BC) interromper o corte de juros iniciado há quase um ano. Por unanimidade, o Comitê

Após imposição do PL, Gomes de Matos deixa partido para apoiar Sarto

Após imposição do PL, Gomes de Matos deixa partido para apoiar Sarto

O ex-deputado federal Raimundo Gomes de Matos se desfiliou do Partido Liberal (PL), nesta quarta-feira (19), após imposição do PL para que o ex-parlamentar deixasse a direção da Fundação da

“Uma declaração deplorável e desumana”

“Uma declaração deplorável e desumana”

"Declaração de Lula desumaniza crianças e desvia o foco de políticas de apoio às vítimas de violência sexual", aponta o ex-superintendente da Polícia Civil do Ceará, César Wagner. Confira: A

39% x 28% – Fortaleza tem favoritismo em sites de apostas diante do Grêmio

39% x 28% – Fortaleza tem favoritismo em sites de apostas diante do Grêmio

Na contramão das últimas apresentações do Fortaleza, quando a equipe soma três derrotas seguidas, sendo a última de forma humilhante, na goleada por 5 a 0 pelo Cuiabá, sites de

Comissão do Senado aprova texto da reforma do ensino médio

Comissão do Senado aprova texto da reforma do ensino médio

A Comissão de Educação e Cultura do Senado aprovou, em votação simbólica, o parecer favorável da relatora Dorinha Seabra (União-TO) ao projeto de lei que prevê uma nova reforma do

“José Martiniano de Alencar: filho de Bárbara, revolucionário e estadista”

“José Martiniano de Alencar: filho de Bárbara, revolucionário e estadista”

"José Martiniano de Alencar, preso por cerca de um ano em decorrência da participação na Confederação do Equador, foi absolvido, enquanto o sangue dos mártires (padre Mororó, Pessoa Anta, Ibiapina,