Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Índice Ibovespa B3, o que é e como funciona – Por Fabiano Mapurunga

Índice Ibovespa B3, o que é e como funciona
Índice Ibovespa B3, o que é e como funciona

Diariamente os jornais apontam o comportamento do chamado índice Ibovespa B3, mas para boa parte das pessoas, ele ainda é bem desconhecido. Vamos tentar esclarecer esse que é o principal indicador do mercado de ações brasileiro, e que começou a ser utilizado há mais de 50 anos atrás.

O Ibovespa praticamente, ao longo dessas cinco décadas, não sofre mudanças metodológicas em sua constituição. Ele é uma referência para investidores de todo o mundo, salientando que o mesmo viveu as transformações econômicas vividas em nosso país.

NASCIMENTO: O Ibovespa foi criado em 1968 pelo departamento Técnico da Bolsa de Valores de São Paulo (hoje chamada de B3). Explica Walter Cestari, professor da Fundação Instituto de Administração (FIA), “Tal índice surge em um momento que o país precisa de algo mais técnico e objetivo para se medir o mercado”. Na época as negociações de ativos eram tratadas no Rio de Janeiro, em outra bolsa. Daí surgiu um dos primeiros índices chamado Índice Bolsa de Valores (IBV). Tal indicador contemplava as ações mais negociadas. No dia 02 de janeiro de 1968 o Ibovespa começou a ser computado e segue até hoje de forma ininterrupta.

FUNCIONAMENTO: O Ibovespa se propõe a medir o comportamento das ações mais negociadas, ou seja, as que apresentam maior liquidez. Basicamente sua composição possui 85% de ações com as melhores liquidez classificadas em ordem decrescente. Ou seja, ele funciona como se fosse uma carteira de ações, e verifica o comportamento de compra e venda destas, assim se passa a medir a variação do índice.

Quando o Ibovespa nasceu, foi atribuído a ele o valor de 100 cruzeiros novos, que foram convertidos em 100 pontos. É como se aquela carteira iniciasse sua vida valendo 100 pontos. O valor absoluto do índice não é o que nos importa, mas sim, a sua variação entre duas datas. Periodicamente a composição da carteira é revisada, mais precisamente, a cada quadrimestre é reavaliada a participação de cada ação no índice, podendo algumas serem excluídas e outras incluídas.

Para tal análise, alguns critérios são levados em conta:

• Índice de Negociabilidade (IN) – (Buffer 90%);
IN – é calculado pela relação entre o volume médio negociado e o preço de fechamento de determinada ação.
O volume médio é calculado pela média aritmética entre o volume negociado no dia em que o preço foi o menor do mês e o volume negociado em que o dia foi o maior do mês.
Buffer – é o dinheiro reservado para cobrir despesas inesperadas ou emergenciais financeiras.
• 95% de presença em pregão;
• 0,1% do volume financeiro no mercado a vista (lote-padrão);
• Não ser penny stock .
Penny stock – são ações ordinárias de pequenas empresas que são negociadas por menos de um dólar por ação.
Tais critérios se mantiveram inalterados por 45 anos, porém em 2014 a Bolsa passou a excluir do índice os papeis que valem centavos, que levam o nome de “penny stocks”. Outra mudança foi que as ações passaram a serem medidas pelo valor de mercado em circulação (free float). Além de tudo isso ficou definido que nenhuma empresa poderá ter mais de 20% na composição do Ibovespa.

MOMENTOS DE ALTA E DE BAIXA: Considerando a inflação, o Ibovespa acumulou ganhos de mais de 2481% desde sua fundação. Segundo a empresa de informações financeiras Economatica, dos cinquenta anos de existência, 25 operaram em baixa e 25 operaram em alta. O pior comportamento do Ibovespa foi em 1990 quando apresentou uma queda de 74,11% após o anúncio do Plano Collor que fez o bloqueio das poupanças até o limite de R$ 50 mil cruzados novos. No ano seguinte o índice atingiu o seu ápice onde teve ganhos de 316,38%, com o ânimo dos investidores acarretado pelo anuncio do Plano Collor II para o controle da inflação.

Ibovespa Deflacionado
Ibovespa Deflacionado

O maior valor nominal já conquistado pelo Ibovespa foi 134.194 pontos, alcançados em 27 de dezembro de 2023.
Alguns apontam críticas quanto ao Ibovespa, referentes a representatividade de sua carteira quanto ao todo do mercado. Alegam que são poucas empresas, e que estas não expressam o todo. Três empresas representam 30% o problema é que elas três não representam 30% do mercado corporativo.

Atualmente os cinco ativos com maior representatividade na composição do Ibovespa são:

VALE (VALE3)
PETROBRAS (PETR4)
ITAUUNIBANCO (ITUB4)
B3 (B3SA3)
BRADESCO (BBDC4)
Importante salientar que para uma empresa estar compondo o índice Ibovespa é muito favorável pois causa muito mais atratividade para seus ativos.

COMPARTILHE:

3 respostas

  1. Mais uma boa e instrutiva matéria.
    Bom conteúdo, para uma fácil aprendizagem.

Mais Notícias
VALUATION – Quanto vale uma empresa para o mercado? – por Fabiano Mapurunga

VALUATION – Quanto vale uma empresa para o mercado? – por Fabiano Mapurunga

Vamos hoje conversar um pouco, sobre como podemos mensurar o valor de mercado de uma empresa para que possamos conduzir operações de venda e de compra de suas ações. Precisamos

Compreendendo alguns indicadores de desempenho financeiro – por Fabiano Mapurunga

Compreendendo alguns indicadores de desempenho financeiro – por Fabiano Mapurunga

Ao Longo desses últimos dias, muitos leitores vêm me enviando solicitações sobre qual indicador de desempenho melhor pode sinalizar a situação financeira de uma empresa. Minha resposta, até de forma

Sinais que sua gestão financeira pede ajuda – por Fabiano Mapurunga

Sinais que sua gestão financeira pede ajuda – por Fabiano Mapurunga

Algumas empresas, travam uma batalha diária em busca de aumentar suas vendas, através da conquista de mais clientes, ou mesmo da busca por atingir novos mercados. Seu foco passa a

ICF – Índice de Cidadania Financeira, Indicador Lançado pelo Banco Central – por Fabiano Mapurunga

ICF – Índice de Cidadania Financeira, Indicador Lançado pelo Banco Central – por Fabiano Mapurunga

A utilização de índices, para o acompanhamento de componentes da nossa economia, é uma forma objetiva de se enxergar o comportamento desses elementos que nos circundam em nosso dia a

Você sabe calcular a sua margem de lucro? – Por Fabiano Mapurunga

Você sabe calcular a sua margem de lucro? – Por Fabiano Mapurunga

  É público e notório que, quando constituímos uma empresa, esperamos que ela nos dê lucro, pois além de ela cobrir os seus custos nós precisamos que ela nos remunere

A Governança Corporativa e seus benefícios para sua empresa – por Fabiano Mapurunga

A Governança Corporativa e seus benefícios para sua empresa – por Fabiano Mapurunga

Com o avanço cada vez mais consistentes da profissionalização de empresas que eram puramente familiares, dando origem a modelos que pregam a participação acionária ou por cotas, houve a clara